Meus livros desejados + Dica de desconto nas compras online

sexta-feira, 15 de dezembro de 2017
Sempre que alguma data comemorativa se aproxima, tipo meu aniversário ou natal, eu já começo a olhar no Submarino todos os livros que eu quero muito ter, porque às vezes acontece dos meus pais ou amigos me perguntarem o que quero ganhar de presente nessas épocas e quase sempre a minha resposta é a mesma: livros.

Já falei que meu sonho é ter um quartinho num apartamento próprio onde ficará minha pequena “biblioteca” + escritório. Livros são muito amor e quero ter vários. Fiz uma lista de desejados no Skoob que vou compartilhar agora aqui no blog, então fica a dica, haha:


O Diário de Anne Frank, Marley & Eu e O Menino do Pijama Listrado são livros que estão na minha lista há anos e que sonho em ter um dia, são histórias bem tensas e intensas. O Festim dos Corvos e A Dança dos Dragões são os únicos livros que me faltam para completar as Crônicas de Gelo e Fogo. A Revolução dos Bichos é um livro que li emprestado na época da faculdade, adorei e quero ter o meu próprio. Amo demais os clássicos que a editora Zahar lança e queria muito ter Robin Hood, O Corcunda de Notre Dame e Rei Arthur. Também amo de paixão o filme Labirinto – A Magia do Tempo, não é a toa que amei quando lançaram o livro Labirinto eu venho querendo desde então.


Eu sou fanática por histórias chick-lit e sabemos que Sophie Kinsella e mestre da literatura nisso, por isso tenho vontade de a série mais famosa dela que é a da Becky Bloom. Mais Fiquei com o seu número e O Segredo de Emma Corrigan que são livros únicos, li e amei. Também conheci o livro Histórias de Ninar para Garotas Rebeldes num vídeo da Melina Souza, adorei e fiquei com vontade de ter também, por isso entrou para a minha lista de desejados.


Como fã assumida da Carina Rissi, tenho muita vontade de ter todos os livros dela e completar minha coleção, esses daí são os que me faltam ainda. Também passei a gostar bastante dos livros da Jennifer E. Smith, são bem diferentes, fora do convencional de romance, te faz refletir, por isso quero esses aí da lista. Adoro o filme Psicose (1960) e a série Bates Motel (2013-2017), por isso quero demais o livro Psicose da Darkside Books. E Fahrenheit 451 é um livro que conheci na faculdade, adorei a história e agora quero ter para mim.


Alguns livros sobre a série Harry Potter que fico doida querendo ter para mim também por serem muito bem detalhados e lindos demais. E como adoro pintar e já tenho os dois primeiros livros da Johanna Basford, agora eu queria também Oceano Perdido.


Eu citei o Submarino porque é principalmente lá que costumo comprar todos os meus livros por dois motivos: normalmente são mais baratos do que na loja física e também pela segurança e agilidade, já que sempre chega bem embalado e rápido. E não só livros, aqui em casa a gente costuma comprar quase tudo pelo Submarino também há anos tipo celulares, televisão, cafeteira, liquidificador, computador etc. Tamanha nossa confiança e satisfação.

Estamos sempre de olho nos preços para poder comprar algo que queremos muito normalmente quando entra em promoção. Economia é a palavra-chave, quem nunca? E independente de promoção, eu também costumava procurar na Internet cupons de desconto para ajudar a economizar, são sempre muito úteis e indispensáveis, eu adoro, porém nem sempre conseguia achar nada e era obrigada a deixar pra lá.

Porém isso mudou porque recentemente descobri o Cupom Válido. Trata-se de um site que reúne num lugar só promoções e cupons de descontos em várias lojas online conhecidas, tipo o Walmart, Americanas, Hotel Urbano, Natura e claro que também o Submarino. As listas das lojas com os cupons são atualizadas todos os dias, de modo que você não pegue algum inválido que já venceu (como já aconteceu comigo antes em outro lugar).

Clicando por exemplo no Cupom de Desconto Submarino você tem acesso a vários cupons para ganhar desconto em celulares, games, notebook, PC, tablet, TV, roupas, eletrodomésticos, móveis e, claro, minha maior paixão: livros!

Então dê uma olhada no Cupom Válido e descubra um universo de lojas e vários cupons de desconto em cada uma. Eu mesma adorei isso e já decidi que vou procurar direto nesse site cupons de desconto antes de comprar qualquer coisa, facilita muito a vida na hora de economizar. Não é necessário nenhum cadastro para ter acesso aos cupons.

Você também pode se inscrever na newsletter deles para receber no seu e-mail os top 10 cupons + acesso à cupons especiais! Então entre no site e fique por dentro das novidades através das redes sociais:

Aproveitem!

Planejando meu 2018: estudos

sexta-feira, 10 de novembro de 2017
Foto: Harry MacKenzie

Hoje o post é um pouco mais pessoal. Vim falar sobre uma coisa que eu venho pensando há muito tempo e estou planejando colocar em prática em 2018.

Estou pensando em começar a estudar, me atualizar, relembrar de várias coisas de escola que já esqueci, tudo para poder prestar concurso público que vou começar a me inscrever e também prestar Enem e Fuvest no final do ano.

Acontece que eu quero muito cursar Biblioteconomia. Sim, pode parecer um curso muito “fácil” ou nada a ver para muita gente, mas para mim é maravilhoso, quanto mais eu leio sobre ele, ouço a opinião das pessoas que cursaram isso, mais eu tenho vontade de fazer também. Tem tudo a ver comigo, só eu sei disso.

Eu andei pesquisando e descobri que esse curso não é tão comum assim nas faculdades de São Paulo perto de mim. Na minha cidade mesmo, em Guarulhos, não tem nenhuma faculdade com esse curso, por isso eu teria que estudar em São Paulo mesmo que também tenho fácil acesso. No entanto, a única faculdade em São Paulo que tem esse curso e é de graça é a USP, e todos sabemos o quão não é fácil passar na Fuvest, por mais que esse curso não seja tão concorrido assim. Ainda mais para mim que estou tão despreparada, e é por isso que quero passar o ano de 2018 inteiro me dedicando aos estudos, para poder prestar Fuvest no final do ano.

Tem também uma faculdade em São Paulo chamada UNIFAI que tem Biblioteconomia, porém ela é particular e eu não tenho condições de pagar. Por isso que também pretendo prestar Enem no final do ano e ver se rola de entrar nessa faculdade através do Prouni.

Existem também outras faculdades gratuitas que tem Biblioteconomia, como por exemplo a UFSCar e a Unesp, mas nenhuma delas fica na cidade de São Paulo, eu teria que morar em São Carlos/SP (UFSCar) ou em Marília/SP (Unesp) e não tenho condições de pagar moradia, transporte e alimentação para mim.

Enfim, ainda estou pensando bastante nisso tudo, não sei bem o que fazer. Minha única certeza é que vou sim passar o ano de 2018 me dedicando aos estudos para prestar Enem e Fuvest em novembro.

E agora entramos em outra questão: como começar a estudar?

Acontece que já fazem 10 anos que me formei na escola, é muito tempo sem rever as matérias e consequentemente tem várias coisas básicas que acabei esquecendo. Quero rever tudo do zero para estar preparada. Mas são tantas coisas que eu não faço a menor ideia por onde começar.

Eu entrei em grupos de estudos e vestibulares no Facebook e Whatsapp e isso está sendo bom para mim porque estou pegando várias dicas de professores e cursinhos online para se fazer que as pessoas recomendam. Porém ainda estou um pouquinho perdida porque são tantos cursinhos que eu não sei qual deles assinar.

Não rola fazer cursinho presencial porque são um tanto caros, mas acho que a mensalidade de um cursinho online já dá para pagar, é o que eu estou mais tendendo a fazer. Também pretendo me inscrever em canais do Youtube que contenham vídeo-aulas que com certeza ajudam muito, é o que dizem, por isso estou indo atrás de recomendações. Estou interessada em qualquer coisa que me ajude a estudar e também a me concentrar e ficar focada nisso porque não estou acostumada, mas quero muito.

Enfim, pretendo documentar aqui no blog como vai ser todo esse processo, dar dicas que funcionaram pra mim, espero que dê tudo certo e eu não desista. Sei que não vai ser fácil no começo até pegar o ritmo e me acostumar, mas o importante é não desistir.

[Recomendo] Internet: Listography, Skoob e Pinterest

sábado, 15 de julho de 2017
Dando continuidade à série de posts onde eu falo dos meus sites e redes sociais favoritas (você confere o primeiro post AQUI), agora vou falar de três redes sociais que para mim são medianas. Não é como se eu acessasse todos os dias e fosse viciada, porém ainda acho legaizinhas e gosto de entrar de vez em quando.

  • LISTOGRAPHY


O Listography foi lançado em 2006, mas eu só fui criar uma conta em 2014. Não foi uma rede social que eu usei quando estava no seu auge, muito pelo contrário, as pessoas já estavam cansadas e abandonando suas contas quando eu descobri o Listography, criei uma conta e me viciei. Passei a criar várias e várias listas sobre qualquer coisa aleatória que eu quisesse ter.

Trata-se de uma rede social no qual o usuário pode criar e compartilhar listas sobre qualquer coisa. Alguns tipos comuns de listas do site são: autobiográficos, favoritos, motivacionais, listas de desejos, catálogos e listas de fotos. Você também pode organizar todas as suas listas em quatro pastas: Main (principal), Ongoing (em progresso), Archive (arquivo) e Private (privado). O site está todo em inglês, é uma pena que não tenha versão em português, mas acredito que é possível entender e usar tranquilamente com um nível mínimo de inglês.

O site fez tanto sucesso na sua época que ele também virou uma linha de livros interativos com diversos temas: música, viagem, literatura, filmes, amigos etc. A lista completa desses livros você confere AQUI. Isso é para quem não abre mão do velho método de se organizar através do papel e caneta. A Editora Intrínseca lançou no Brasil uma versão em português do primeiro livro dessa série com o título: Listografia: sua vida em listas.

Eu gosto muito de anotar todas as minhas séries que estou assistindo, terminei de assistir, pretendo começar e abandonei (é tanta série que eu costumo me perder fácil, haha); coisas que me fazem feliz; frases favoritas; listas de desejos; livros que quero começar a ler e que já li; livros e filmes que li/assisti em cada ano (sim, anoto tudo); coisas aleatórias e marcantes que aconteceram comigo em cada mês de cada ano (é legal relembrar essas coisas depois); metas a longo prazo para a vida; ideias de posts para o blog; dentre várias e várias outras coisas.

Meu user é: /renatacarvalho


  • SKOOB


O Skoob é uma rede social brasileira criada em janeiro de 2009 para os apaixonados por livros. Eu criei a minha conta nesse site três anos depois, em janeiro de 2012. Trata-se de uma “estante” virtual, no qual o usuário pode adicionar na sua estante todos os livros que está lendo, que pretende começar a ler, que já leu, que está relendo e que já abandonou. Também é possível marcar os livros como seus favoritos, os que você tem, os desejados, os que você emprestou para alguém (para você não se esquecer de cobrar caso demorem para te devolver), e até mesmo os livros que você troca, que são aqueles que você tem e não quer mais, daí pode trocar com outra pessoa que queira aquele livro, caso ela tenha algum que te interesse para trocar.

É a minha rede social favorita de livros, é ótimo poder organizar minhas leituras através desse site sem me perder. Em cada livro você não só tem as informações completas sobre ele, mas também pode marcar a data que você terminou de ler (e saber quantos livros você leu naquele ano), pode classificar o livro de 1 a 5 estrelas e postar resenhas, fazer um histórico de leitura e contar o que está achando do livro enquanto lê, classificar se é livro físico, ebook ou audiobook.

Você também pode explorar seus livros, autores e editoras favoritas, participar de grupos sobre algum tema (um autor, um livro, etc.), fazer uma meta de leitura para aquele ano e até mesmo participar de sorteios de livros das editoras, não é ótimo? E é claro que você também pode adicionar ou seguir seus amigos e mandar mensagens para poder ficar sabendo o que eles andam lendo também.

Meu objetivo é completar 500 livros lidos lá no Skoob algum dia nessa vida, hahaha, e depois que eu atingir essa meta, eu dobro a meta para 1000 livros, e assim segue sempre. Como não estipulei um prazo, eu leio apenas quando eu quiser, porque a pior coisa é eu ficar me pressionando para ler sem ter vontade.



  • PINTEREST


O Pinterest foi lançado em março de 2010, mas eu só fui criar uma conta três anos depois (sempre 3 anos, haha), em março de 2013. Conheci depois de tantas blogueiras falarem tanto dela. Trata-se de uma rede social de compartilhamento de imagens, conhecidas como pins. É tipo um quadro de inspirações, no qual você pode postar, compartilhar e gerenciar suas imagens favoritas sobre qualquer tema que seja do seu interesse, como por exemplo, roupas, penteados, maquiagem, decoração, ilustrações, tatuagens, paisagens, etc. Todas essas imagens você organiza em pastas/quadros (boards).

Antes do Pinterest eu costumava usar o We Heart It para isso (falo sobre ele num outro post), mas acabei gostando mais do Pinterest, me adaptei muito rápido e viciei. Eu fico salvando nas minhas pastas imagens que acho bonitas, legais e diferentonas, ideias de decoração para meu futuro apartamento ou quitinete, penteados e cores de cabelos lindos demais, wallpaper para meu celular, ideias de looks, de tatuagens que gostaria de fazer, frases que achei por aí e que se tornaram especiais para mim, imagens dos meus cantores e atores favoritos só porque gosto muito deles, haha, cenas de filmes e séries que adoro, dentre várias outras coisas.

Acho que a ideia dessa rede social é te inspirar a fazer alguma coisa que você queira, estipular como meta algo que você viu e gostou e trabalhar para alcançar, trazer para a sua vida aquilo, de alguma forma. Talvez a foto de um lugar que você queira visitar, um penteado ou uma comida que você queira fazer, uma decoração para o seu quarto, e assim vai.

Meu user é: /renatacarv





Como essas redes sociais que mostrei nesse post são medianas para mim, eu não fiz questão de baixar o app delas e usar no meu celular, afinal eu acesso elas só de vez em quando e pelo computador. Mesmo assim gosto muito! <3



[Desafio dos 100 Filmes] 02. Um filme que marcou a sua adolescência

quinta-feira, 15 de junho de 2017

Harry Potter e a Pedra Filosofal (2001)

Esse primeiro filme da série Harry Potter representa na verdade todos os oito filmes da série porque foram os que mais marcaram toda a minha adolescência, do começo ao fim. Sim, sou dessas viciadas em Harry Potter que ia ao cinema na estreia junto com todos os fãs e vibrava ou chorava junto com todos eles nas cenas mais legais e adorava isso.

Todo mundo conhece a história de um menino chamado Harry que no seu aniversário de 11 anos descobre que é um bruxo e, assim, ele embarca para a Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts para ter aulas e se tornar um bruxo. Em meio a tudo isso ele faz amigos, passa por aventuras, aprende feitiços e encantamentos, descobre mais sobre o seu passado e aprende lições valiosas que contribuem para o seu amadurecimento ao longo da série.

Ao longo de dez anos (2001 até 2011) essa série fez sucesso no mundo inteiro e mudou com a vida de muita gente, inclusive a minha. Graças a ela, eu adquiri um gosto pela leitura, me interesso por cinema, tenho o sonho de conhecer Londres (onde a maior parte da história se passa), conheci pessoas ótimas com quem passei muitas horas da minha vida conversando sobre a série, dentre várias outras coisas. Enfim, recomendo demais!

4 anos de blog!

quarta-feira, 3 de maio de 2017

Hoje o Livro de Memórias está completando 4 anos de existência. Eu sei que parece que eu abandonei completamente ele pela falta de posts (e talvez tenha mesmo), mas isso não aconteceu na minha cabeça. Eu tenho ainda muitos posts anotados em algum lugar ou na minha cabeça mesmo que eu quero que vá ao ar e talvez essa seja a razão para eu continuar renovando o domínio do blog todo ano.

Mas enfim, eu não queria que esse fosse um post justificando minha ausência, mas sim apenas comemorando a existência desse blog na minha vida. Ele pode não parecer nada perto de tantos outros blogs maiores por aí ou os canais no Youtube que é o que está bombando no momento, mas isso não importa, só o que importa é que ele é especial para MIM, ele me agrada, está recheado de boas lembranças muito bem documentadas e guardadas, motivo pelo qual ele nasceu, para ME agradar, para ME fazer feliz, e é isso o que importa.

Eu não sei como será daqui pra frente, se vou atualizar ou deixar parado, tudo vai depender da minha vontade, se irei querer fazer posts ou não, mas não vou esquentar minha cabeça e me preocupar em fazer posts, não foi para me cobrar que eu criei esse cantinho na Internet, vou deixar e voltar só quando me der na telha, quando eu sentir vontade, sem mais e nem menos. Let it Be!

Feliz aniversário, Livro de Memórias!


[Recomendo] Internet: Twitter, Facebook, Instagram e Youtube

quarta-feira, 15 de março de 2017
Eu estava dando uma olhada no meu post de 2014 [Meme] Internet Old School, que foi promovido pelo Rotaroots, e fiquei encantada ao relembrar tudo o que vivi no computador de forma geral, de 1995 até 2011 (segundo o post). Fiquei relembrando dos jogos antigos, passatempos, portais, sites e redes sociais que eu costumava acessar todos os dias e era viciada, mas que hoje em dia muitos já nem existem mais. Foi uma época muito boa e eu me divertia muito. Não estou aqui para dizer que antigamente tudo era melhor e hoje em dia não, são fases e épocas diferentes onde cada coisa teve a sua ascensão e também o seu fim, como tudo na vida, e só nos resta aceitar que as coisas são assim.

Bom, depois de ver esse post, eu tive a ideia de documentar aqui no blog também as principais redes sociais e sites que estão no auge no momento e que eu acesso todos os dias. Vai ser divertido olhar esses posts daqui a muitos anos e relembrar de tudo, quando tudo já estiver mudado e diferente. Pretendo englobar alguns sites num mesmo post, ao invés de falar um por um para não ficar cansativo, afinal são vários.

Então vamos lá para as principais redes sociais que eu uso nesse post de estreia:

  • TWITTER


O Twitter foi criado em julho de 2006, mas eu só fui criar uma conta três anos depois, em julho de 2009. É uma rede social que permite às pessoas postarem atualizações pessoais em forma de textos de até 140 caracteres, conhecidos como “tweets”. Também pode curtir e retweetar o tweet das pessoas e também é possível acompanhar os Trending Topics (Assuntos do Momento) da sua cidade, estado, país ou do mundo. Você segue e também pode ser seguido pelas pessoas.

Essa é a minha rede social favorita do momento e mal consigo imaginar o dia em que eu talvez me canse dela. Eu adoro poder escrever qualquer coisa aleatória e insignificante que eu esteja pensando, sentindo, passando, que eu queira compartilhar ou desabafar. Não precisa necessariamente ter importância, você pode postar sem pretensão nenhuma.

Eu tenho algumas poucas amigas que eu sigo e que me seguem de volta, de modo que possamos meio que “manter contato” desse jeito, saber como anda a vida uma da outra, é bom. Também sigo alguns youtubers que gosto de acompanhar, perfil oficial de alguma empresa que eu adoro como a Netflix, a Bienal do Livro SP, etc.

Você também pode personalizar seu perfil, colocando uma foto de capa, uma descrição qualquer sobre você, mudar as cores dos links e, claro, trocar a foto do perfil. Minha foto de capa atual é uma colagem de imagens bem surrealistas que eu acho doidas e lindas, que é para não fazer sentido nenhum mesmo.

Meu user é: @RehCarv
Twitter do blog: @livrodememorias



  • FACEBOOK


O Facebook foi criado em fevereiro de 2004, e eu só fui criar uma conta em setembro de 2009. Na época pouca gente usava porque o que ainda estava em alta era o Orkut, mas eu só criei uma conta mesmo porque sou dessas viciadas em criar uma conta em redes sociais, porque usar mesmo nessa época, eu não usei direito. Mas em agosto de 2011, todo mundo que eu conhecia começou a migrar do Orkut para o Facebook (me lembro até hoje), e foi só então que eu comecei a usar essa rede social de fato.

É uma rede social bem completa, todo mundo que você conhece tem uma conta, de modo que você possa adicionar, mandar mensagens, papear, marcar em posts, curtir e compartilhar, postar fotos e organizá-las em álbuns, criar grupos e convidar as pessoas para participarem, criar eventos que vão acontecer e convidar as pessoas para irem, criar páginas (fanpages) de algo e pedir para as pessoas curtirem para acompanharem as postagens, dizer o que você está fazendo no momento (assistindo algo, lendo, comendo, bebendo, ouvindo, jogando, viajando, comemorando, etc.). Enfim, são várias coisas mesmo.

Eu gosto e uso bastante justamente por causa do monte de coisas que ele oferece. Usei bastante na época da minha faculdade para conversar com meu grupo de trabalho sobre tudo o que tínhamos para fazer, nós criamos um grupo e lá podíamos postar arquivos que ficava complicado compartilhar por whatsapp.

Você também pode colocar a foto de capa que você quiser (atualmente eu uso uma foto surrealista [claro] dos Beatles que sou muito fã). Você também pode colocar com o que você trabalha e estuda, qual cidade mora, seu estado civil, etc. Claro que muitas dessas informações podem ser pessoais, então fica a seu critério postá-las ou não, mas muita gente posta sim, é normal.

Eu não costumo divulgar meu perfil pessoal do Facebook porque eu acho que deve ser compartilhado apenas com a família e os amigos. Eu não acho interessante ficar adicionando desconhecidos e ficar vendo as atualizações e postagens de gente que não conheço. Mas a fanpage do Livro de Memórias está totalmente aberta para quem quiser curtir: Fanpage Livro de Memórias.




  • INSTAGRAM


O Instagram surgiu em outubro de 2010, mas eu só criei uma conta mesmo três anos depois, em outubro de 2013, quando adquiri meu primeiro android, um tablet (antes mesmo do meu primeiro celular com android). Nessa rede social é possível tirar fotos e gravar vídeos, aplicar filtros e compartilhar com seus seguidores. Inicialmente as fotos seguiam um padrão de uma forma quadrada, semelhante às câmeras polaroid, mas mais tarde foi lançada uma atualização no qual pode-se postar fotos em qualquer formato.

É possível comentar e curtir as fotos de quem você quiser. Nas legendas das suas fotos você pode colocar junto palavras-chaves com hashtag (#), através delas você pode ver as fotos de outras pessoas com a mesma hashtag, e elas podem encontrar a sua.  Tem também a função “Stories”, no qual as pessoas podem compartilhar seus momentos com fotos e vídeos personalizados com emojis, desenhos coloridos feitos à mão e textos, e esses posts ficam no ar para seus seguidores por 24h antes de sumir.

No Instagram muitas pessoas postam as fotos que elas quiserem, dos momentos especiais com os amigos ou selfies sozinhas, e tem pessoas que seguem um padrão, tornando o seu perfil mais atrativo e bonito. Existem diversos padrões que as pessoas seguem como postar apenas fotos clean, outras apenas fotos em preto e branco, fotos com borda horizontal, fotos com o mesmo filtro, fotos com a mesma cor num elemento, etc. Eu particularmente não gosto muito de me prender a um padrão, por isso posto fotos aleatórias que eu quiser no meu perfil do Instagram: com amigos ou familiares, selfies sozinha, de paisagens e objetos.

Meu user é: @rehcarv
Instagram do blog: @livrodememorias



  • YOUTUBE


O YouTube foi fundado em fevereiro de 2005, mas eu só criei uma conta em junho de 2008, para postar uns vídeos amadores que eu fiz da minha turma do terceiro ano do ensino médio, da gente dançando quadrilha na festa junina da escola (uma tradição de todo terceiro colegial na minha escola). Esse é o maior e mais popular site para hospedagem de vídeos do mundo, trazendo entretenimento e educação dos mais variados níveis.

Ele começou a se popularizar de verdade a partir de 2010, quando começaram a surgir vários “youtubers”, que são pessoas que postam vários vídeos em suas próprias contas (conhecidas como “canais”) falando sobre qualquer tipo de assunto. O YouTube permite que as pessoas possam criar seu próprio conteúdo, postar e serem assistidas e conhecidas por milhões de pessoas em todo o mundo, tal qual os programas na televisão. Você também é livre para assistir o que quiser e a hora que quiser, sem precisar esperar o dia e horário que um programa favorito seu será transmitido, como na televisão.

O YouTube é um dos meus sites favoritos por motivos óbvios, nele você pode praticamente assistir de tudo, qualquer coisa que você queira, desde vídeos-aulas até pegadinhas. É possível você se inscrever nos seus canais favoritos e poder acompanhar todos os vídeos do seu youtuber favorito. Eu tenho os meus favoritos que não perco um só vídeo e estou sempre conhecendo canais novos que tratam de temas que me interessam.

Apesar de eu ter o meu próprio canal, eu não costumo fazer vídeos e postar. Eu tenho o meu canal apenas para favoritar meus canais favoritos e poder acompanhar mais facilmente todos os vídeos que são lançados por eles. Não que seja relevante para alguém já que eu não posto nada, mas tá aqui meus canais:

Meu canal: /rehcarv
Canal do blog: /bloglivrodememorias





Quero documentar aqui no blog tudo o que eu acesso atualmente na Internet (e também os que já acessei muito, só que não mais hoje em dia), então espero que vocês tenham gostado desse primeiro post e que esperem pelos próximos!


[Desafio dos 100 Filmes] 01. Um filme que lembre a sua infância

quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

Em Busca do Vale Encantado (1988)

Pensa num filme que a pessoa assistiu milhares de vezes sem parar durante a infância, esse filme é o Em Busca do Vale Encantado. Quando passou na televisão, nos anos 90, minha mãe gravou numa fita cassete, e desde então passei a assistir várias vezes, de tanto que eu adorava esse desenho.

Ele se passa na época pré-histórica e conta a história de Littlefoot, um brontossauro filhote que vivia com sua mãe e seus avós, mas depois que ocorrem grandes terremotos e vulcões, causando a separação de Littlefoot de sua família, ele resolve ir até o Vale Encantado que sua mãe comentou uma vez, uma região verdejante onde sabe que encontrará sua família. No caminho, ele conhece outros quatro jovens dinossauros que também foram separados de suas famílias e concordam em acompanha-lo nessa jornada, são eles: Saura, Espora, Patassaura e Patrúcio. Durante a viagem, os cinco amigos vão encontrar perigos, predadores famintos e desafios enquanto aprendem lições de vida e o valor do trabalho em equipe.

Depois do sucesso desse filme foram feitas outras continuações, um total de 13 filmes, mas foi só o primeiro mesmo que eu assisti e que me encantou. O tipo de filme doce, sensível, fofo e que te deixa triste numa certa cena, parecido com Bambi, haha. Mas obviamente o final é feliz, então vale a pena assistir.

Desafio dos 100 Filmes

domingo, 15 de janeiro de 2017

Resolvi começar mais um desafio aqui para o blog, e dessa vez é sobre uma das minhas maiores paixões: filmes! Serão cem perguntas relacionadas à filmes, portanto cem posts. Dessa vez não seguirei nenhum padrão de postagem como foi com o Desafio das 52 semanas, no qual eu postava toda semana, às segundas-feiras. Dessa vez postarei quando eu quiser, sem dia específico. E calma que vou intercalar com outros posts aleatórios também, para não ficar só uma coisa repetida. Os posts serão bem curtos, apenas com uma foto do filme e uma resenha breve minha.

Esse desafio foi postado originalmente no Facebook, você confere clicando aqui.

As 100 perguntas sobre filmes são:

03. Um filme que passe na Sessão da Tarde.
04. Um filme que você considera um clássico.
05. O melhor filme de seu diretor favorito.
06. Um filme de vampiro.
07. Um filme que você gostaria de ter assistido no cinema e não viu.
08. Um filme ruim de um diretor bom.
09. Um filme de baixo orçamento que você tenha gostado.
10. Um filme com uma ótima música-tema.
11. Algum filme que te traga boas lembranças.
12. Um filme que você dormiu antes de terminar.
13. Algum filme que você nunca conseguiu assistir inteiro.
14. Um filme que tenha sido baseado em um livro.
15. Um filme que tenha participação especial de algum famoso que não seja ator.
16. Um filme que utilizou de cenas reais.
17. Um que ganhou o Oscar merecidamente.
18. Um filme que você nunca assistiria de novo.
19. O melhor documentário.
20. Um filme que possui uma excelente trilha sonora.
21. Algum filme que te faça rir.
22. Um filme bom com um final péssimo.
23. Um filme que você gostou, mas tem vergonha de falar.
24. Um filme que te dá medo.
25. Um curta-metragem.
26. Um filme que lembra a sua família.
27. Um péssimo filme.
28. Um excelente musical.
29. Filme baseado em um jogo.
30. Um filme que você não entendeu ou teve dificuldade de entender.
31. Um bom filme infantil.
32. Algum filme de época.
33. Um filme que você não indicaria.
34. Um filme de epidemia.
35. Um filme que fica na cabeça.
36. Um filme de humor negro.
37. Um filme de atores desconhecidos.
38. Um bom filme de máfia.
39. Um filme que possui uma frase de efeito.
40. Um filme que lançou algum ator famoso.
41. Um faroeste.
42. Algum filme que te fez chorar.
43. Um ótimo filme de guerra.
44. Um filme de um diretor não muito conhecido.
45. Um filme que te deprima.
46. Um filme que você gostaria de atuar.
47. Um filme ridículo.
48. Algum filme que tenham te contado o final antes de você assistir.
49. Um filme que seja biográfico.
50. Um filme paródia.
51. Um filme para assistir a doía.
52. Um filme cult.
53. Algum filme com mérito pouco reconhecido.
54. Um filme cujo personagem principal é um animal.
55. Um filme de enredo simples.
56. Um filme com muito sangue.
57. Um filme preto e branco.
58. O último filme que você assistiu.
59. Uma comédia sem graça.
60. Um filme complexo.
61. Um filme que não faça sentido.
62. Um filme de zumbi.
63. Um filme mudo.
64. Um filme muito meloso.
65. O próximo filme que você quer assistir.
66. Um filme com seu ator favorito.
67. Um filme em que o trailer tenha sido melhor que o filme.
68. Um filme nacional.
69. Um filme gravado em um lugar exótico.
70. Um filme em que o título seja um nome próprio.
71. Algum filme que você considere pesado.
72. Um filme que tenha um personagem que lembre alguém de sua família ou algum conhecido.
73. Um filme que o protagonista seja uma criança.
74. Um filme com grande bilheteria.
75. Um filme de catástrofe.
76. Um filme “trash”.
77. A melhor saga de filmes.
78. Um filme com numeral no título.
79. Um filme para reflexão.
80. Um filme com mensagem subliminar.
81. Um filme que o segundo tenha sido melhor que o primeiro.
82. Um filme que não obedece a uma ordem cronológica.
83. Um filme com cena de sexo explícito.
84. Um filme de animação.
85. Algum filme cujo final é surpreendente.
86. Um filme que não deveria ter feito continuação.
87. Um bom filme de comédia.
88. Um filme que o diretor também atue.
89. Um filme com um vilão inesquecível.
90. Um bom filme de ficção científica.
91. Um filme que você já assistiu várias vezes.
92. Um filme que o protagonista morre.
93. Algum filme da década de 80.
94. Um filme muito longo.
95. Um lançamento.
96. Um filme que foi fracasso de bilheteria.
97. Um filme com título esquisito.
98. O primeiro filme que vier na sua cabeça.
99. Um filme de serial killer.
100. Um filme que você queira recomendar.

E aí, como ficamos com o blog? + Pequenas metas de lazer para 2017

terça-feira, 10 de janeiro de 2017

Sabe que nem eu sei responder a essa pergunta? No ano passado eu finalizei e apresentei meu TCC, ele foi aprovado (Ufa!) e assim concluí minha faculdade de Rádio, TV e Internet. Agora eu até poderia voltar com o blog, mas sabe quando você ainda não se sente com ímpeto de atualizar isso aqui? Não sou mais a mesma que eu era quando comecei com esse blog, não tenho mais ânimo de passar algumas horas do meu dia só para fazer um bom post para cá (e me recuso a fazer qualquer coisa meia-boca só para atualizar, postar qualquer coisa).

E como se não bastasse isso, tem ainda a questão do meu computador pessoal que anda muito ruim, cheio de problemas, travando, desligando sozinho e demorando semanas, às vezes meses, para querer ligar novamente. Eu tenho usado o notebook da minha irmã que quebra um galhão, mas não é a mesma coisa, não sou muito fã de notebooks, me sinto mais à vontade com um computador mesmo, com tela grande, mouse, teclado numérico lateral e assim vai. Preciso comprar um novo urgente.

Para esse ano de 2017 eu não planejei nada grandioso aqui para o blog, eu decidi que irei postar apenas o que eu quiser e só quando eu sentir vontade, sem a pressão de manter uma rotina de posts sobre algum assunto específico. Eu acho que antes de mais nada, o blog deve ser algo prazeroso para você, e não uma obrigação para agradar aos outros. Portanto, esperem tudo e ao mesmo tempo não esperem nada daqui. Pode ser que eu apareça com um post totalmente aleatório, que talvez eu suma por longos meses, ou ainda que eu resolva começar alguma série de posts de algum desafio (e talvez desista no meio do caminho). Não sei, vai tudo depender da minha boa vontade.

Já vi gente excluir seus blogs porque se sentia mal em ver ele sempre sem ser atualizado, mas também não ter ânimo de postar. Eu acho isso uma pena porque sempre tem gente que gosta de ler posts antigos, sem falar em todo aquele trabalho de anos de dedicação, mas enfim, é um direito daquela pessoa, cada um sabe da sua vida e do que te dá paz de espírito. Eu não pretendo fazer isso com esse blog, pelo menos não por enquanto.


E aproveitando esse post, eu gostaria de mostrar algumas pequenas metas de lazer que eu estipulei para esse ano de 2017. São coisas que eu gostaria de cumprir nesse ano, e que prometo que não serei dura comigo mesma se eu não conseguir até o final do ano. Nem sempre conseguimos aquilo que queremos, o importante é aceitar isso, afinal não dá para ser perfeito sempre, e nem quero, é cansativo demais.

Bom, em 2016 eu disse que não iria estipular meta nenhuma de leitura e nem de filmes, e também que não me preocuparia em manter minhas séries em dia, tudo por conta do TCC, e qualquer coisa que eu conseguisse ler ou assistir nesse ano seria lucro. Para a minha surpresa, eu consegui ler 10 livros despretensiosamente nesse ano corrido, o que é mais do que meus pais e irmãs leem juntos no ano inteiro, portanto fiquei feliz com isso.

Mas para 2017, sem a pressão do TCC, eu estipulei a seguinte meta:

LIVROS:
  • Ler, no mínimo, 20 livros no ano.
  • Ler 1 livro da Jane Austen.
  • Ler A Tormenta de Espadas, do George R.R. Martin.
  • Ler toda a série Desventuras em Série, do Lemony Snicket.

FILMES:
  • Assistir, no mínimo, 5 filmes por mês (e desses cinco, pelo menos 1 deve ser inédito para mim).
  • Assistir pelo menos 1 documentário por mês.

SÉRIES:
  • Ficar em dia com minhas séries.

HOBBIE:
  • Pintar pelo menos 3 desenhos do Jardim Secreto e 3 da Floresta Encantada.
  • Dar uma chance para conhecer melhor o Spotify.
  • Postar, no mínimo, duas fotos por semana no Instagram.

BLOG:
  • Fazer um especial de posts contando como foi fazer o meu TCC.
  • Começar um desafio sem uma rotina de posts.

A cada ano eu decidi que iria aumentar dez livros para ler, vamos ver se eu consigo, sem querer eu consegui ler dez livros no ano passado, então para esse ano eu já aumentei para vinte. Também quero ler todos os livros da Jane Austen, adoro romances de época e sinto que vou gostar dos livros dela. Também quero terminar de ler toda As Crônicas de Gelo e Fogo do George R.R. Martin, e como não são livros nem um pouco fáceis (apesar de maravilhosos), decidi que irei ler, pelo menos, um por ano. Já li os dois primeiros, agora tenho que ler o terceiro. E também quero ler uma série inteira qualquer de algum autor que gosto por ano.

Eu tenho mania de assistir poucos filmes e só repetidos, então estipulei uma meta de, no mínimo, cinco filmes por mês, e pelo menos um desses deve ser inédito para mim, e nos próximos anos eu vou aumentando essa meta. E em 2015 eu descobri o quanto documentários são maravilhosos e enriquecedores, quero trazer isso para a minha vida e assistir mais, abrir minha mente, aprender coisas novas, desconstruir conceitos. E quanto às séries, hobbies e blog, são coisas bem aleatórias e básicas, mas que quero alcançar.

E é isso. Tem coisas maiores que eu também estipulei como conseguir um trabalho na minha área de formação (tá bem difícil), comprar um computador novo, começar outra faculdade e também um curso técnico, mas a lista em questão é só de coisas de lazer.

Um bom 2017 para todos nós!

Theme Base por Erica Pires © 2013 | Livro de Memórias, por Renata Carvalho | Blog no ar desde 03.05.2013 | Versão 2.2 no ar desde 01.01.2014 | Topo