[+QP] Caminhos

quinta-feira, 12 de novembro de 2015
Foto: Alícia Cohim

Por vezes eu escolho um caminho sem saber direito o que estou fazendo, sem ter 100% de certeza da minha escolha, eu simplesmente me deixo levar e vejo no que vai dar, como se eu me entregasse a uma correnteza e permitisse que ela me levasse para onde ela quiser.

Não penso no destino e não penso no caminho, eu não penso em nada. Esse é o nível que a minha distração pode atingir. Isso acontece normalmente quando estou perdida e não sei o que fazer, quando os caminhos que tomei anteriormente não deram certo, quando estou tão cansada das coisas não darem certo que desisto de tentar por um tempo, me deixo vagar aleatoriamente e me dar uma pausa de tantas tentativas malsucedidas. Passo um tempo à toa por aí, até o dia que eu resolvo tentar mais uma vez, volto a colocar meus pés no chão, afinal não dá para vagar por aí sem rumo para sempre, sei que não é legal, eu quero ter um objetivo, mas me frustro quando tento alcança-lo repetidas vezes e não consigo.

É nessas ocasiões em que estou vagando aleatoriamente que, às vezes, um caminho se apresenta diante de mim, e ainda nessas de não pensar em nada, totalmente oca, acabo seguindo por ele, para ver no que vai dar. Deixo apenas uma pequena parte de mim ligada no alerta constantemente, para saber se esse caminho irá me prejudicar gravemente ou não. Não quero sair pior do que entrei.

Estou assim atualmente, seguindo por um caminho sem conhece-lo muito bem, mas curiosa para saber no que vai dar, curiosa para conhecer algo novo e talvez me surpreender. Eu sei perfeitamente bem que é loucura, não é do meu feitio fazer isso, mas por outro lado eu estou mesmo precisando de mais loucura na minha vida, sair mais da minha zona de conforto e conhecer coisas novas. Espero me surpreender e gostar, mas caso contrário, sou livre para dar meia volta e ir embora, conheço o caminho de volta.

São tantos caminhos que já percorri e tantos outros que quero percorrer. Há aqueles que me decepcionei por ter escolhido e também há aqueles que escolhi bem e só me trouxeram sucesso. Há aqueles que tentei e não deram certo, e há aqueles que percorro aleatoriamente sem saber o que estou fazendo.

E assim eu sigo tentando, escolhendo, percorrendo, me surpreendendo, vivenciando, experimentando e crescendo.

Renata Carvalho
(12.12.2015)

O +QP (Mais Que Palavras) é um grupo no facebook que propõe temas mensais de escrita para desenvolvermos mais nossa criatividade na hora da dissertação de textos, contos, crônicas, poesias e o que mais quisermos. É um empurrãozinho para sairmos da nossa zona de conforto e nos aventurarmos a bolar textos cada vez mais elaborados e criativos. Todo mês é selecionado um tema ou roteiro, mediante votação, e você tem até o último dia do mês para publicar seu texto no seu blog. Para saber mais, conheça o grupo.

Um comentário:

  1. Olá, Renata! Muito lindo o seu texto! As vezes me sinto também como você descreveu: medo do novo, de quebrar a cara, etc, ao mesmo tempo que tenho consciência de precisar urgentemente sair da zona de conforto. Grande abraço! Ana www.janelasingular.com.br

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita!
Se deixar seu blog/site junto com seu comentário, terei o maior prazer em retribuir a visita. ^^

Theme Base por Erica Pires © 2013 | Livro de Memórias, por Renata Carvalho | Blog no ar desde 03.05.2013 | Versão 2.2 no ar desde 01.01.2014 | Topo