[Desafio das 52 semanas] Semana 47: Quando estou apaixonado(a) eu...

segunda-feira, 23 de novembro de 2015

1. Fico tímida e ao mesmo tempo feliz
Essa é quando eu acabo de conhecer a pessoa. Eu fico muito nervosa, minhas mãos tremem, eu gaguejo e meu coração dispara, fico tímida ao extremo, mas ao mesmo tempo também fico muito feliz por estar conhecendo uma pessoa que achei bacana e que me trata super bem. Um sorrisão se forma no meu rosto e não sai mais dali por dias.


2. Penso muito na pessoa e releio nossas mensagens
Quando estou gostando muito de alguém, quase o tempo inteiro eu penso na pessoa, fico desejando que estivéssemos juntos, daí para matar um pouco essa saudade, eu fico lendo e relendo várias vezes todas as mensagens que trocamos, desde o início, não importa se foram muitas. Revivo aquele momento nosso toda feliz, mas evito mandar uma nova mensagem para não parecer muito grudenta, mesmo que seja essa a minha vontade.


3. Fico mais disposta
Eu sempre fui uma pessoa mais caseira, que prefere ficar em casa assistindo séries do que sair para as baladas da vida. No entanto, quando a pessoa que eu gosto me chama para sair, eu me surpreendi ao perceber que fico toda feliz e disposta em ter o trabalho de me arrumar toda, escolher uma roupa, fazer maquiagem, sair de casa e pegar ônibus e metrô, se isso tudo me levar até a pessoa que eu gosto.


4. Só quero abraçar e ser abraçada bem forte pela pessoa
Quando estou gostando muito de alguém, eu só tenho vontade de estar próxima fisicamente da pessoa o tempo inteiro. Quero conversar cara a cara, quero andar de mãos dadas, quero fazer carinho distraidamente, quero dar milhares de abraços e beijos. Fico extremamente grudenta e isso não é algo que eu consigo controlar, haha.


5. Fico insegura
Nem tudo são flores. Quando estou gostando muito de alguém, eu me torno grudenta e um pouco neurótica. Daí, quando a pessoa passa um bom tempo sem entrar em contato, me mandar uma mensagem sequer, eu fico insegura achando que a pessoa já não está mais a fim de mim tanto assim e por isso não faz mais questão de me responder. Eu sei perfeitamente bem que a pessoa pode simplesmente estar ocupada e sem tempo, mas mesmo assim minha insegurança não me deixa ter paz de espírito até a pessoa entrar em contato comigo.


Apaixonada mesmo por alguém eu acho que nunca cheguei a ficar, mas já gostei bastante de algumas pessoas a ponto de ficar toda boba e derretida por elas, hahaha. Daí eu respondi essas perguntas com base nas pessoas que eu já gostei muito, e não que amei.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigada pela visita!
Se deixar seu blog/site junto com seu comentário, terei o maior prazer em retribuir a visita. ^^

Theme Base por Erica Pires © 2013 | Livro de Memórias, por Renata Carvalho | Blog no ar desde 03.05.2013 | Versão 2.2 no ar desde 01.01.2014 | Topo