Lições do Desejo — Madeline Hunter | BEDA #12

quarta-feira, 12 de agosto de 2015
Série: Os Rothwell #2

Título original: Lessons of Desire
Autor: Madeline Hunter
Editora: Arqueiro
Gênero: Histórico, Romance
Ano: 2013
Páginas: 272
ISBN: 9788580412017
Lido em: Abril de 2015
Nota: 
Sinopse: Atraente, sutil e tentador, lorde Elliot Rothwell é um homem acostumado a fazer sucesso entre as mulheres e a conseguir tudo o que deseja delas. Mas isso não se aplica a Phaedra Blair. A brilhante e exótica editora não parece disposta a ceder a seu pedido e cancelar a publicação das memórias de um membro do Parlamento que podem manchar o nome da nobre família Rothwell. A pedido de seu irmão mais velho, o marquês de Easterbrook, Elliot vai a Nápoles para negociar com Phaedra. Historiador de renome e autor de livros respeitados, tudo indica que ele seja a pessoa ideal para a tarefa. Porém, em vez de encontrar a bela mulher descansando à beira do mar Tirreno, Elliot descobre que ela está presa por causa de uma acusação injusta. Graças ao prestígio da família, o nobre consegue libertá-la, mas também se torna responsável por ela até voltarem à Inglaterra. Percorrendo juntos uma das regiões mais belas e românticas da Europa, eles vão descobrir que discordam de quase tudo o que o outro pensa ou faz – exceto o que fazem juntos na cama. E, nessa aula de prazer, será cada vez mais difícil saber qual dos dois tem mais a ensinar.

“Ela tem um sonho. Ele tem um objetivo. O que os une pode separá-los para sempre.”

Lições do Desejo é o segundo livro da série Os Rothwell, escrito pela Madeline Hunter. Esse foi um livro que eu não perdi tempo e comecei a ler imediatamente, assim que terminei o anterior. Essa foi uma série que mal conheci e já considero “pakas”.

Dessa vez, o livro vai contar a história de Elliot Rothwell e Phaedra Blair.

Phaedra Blair apareceu no primeiro livro, ela é a melhor amiga de Alexia. Ela é considerada uma mulher bonita e com pensamentos próprios, sabe o que quer e corre atrás dos seus sonhos, luta pelo que acredita e nem se deixa abater pela sociedade julgadora. Seu visual é considerado extravagante, por gostar de roupas pretas (sem estar de luto) e usar seu cabelo solto. Seus pais já morreram. Ela era filha bastarda de Richard Drury (um membro da sociedade londrina) e de Artemis Blair (uma revolucionária que não seguia os padrões da sociedade e passou esse comportamento para a filha). Ela é independente e vive sozinha, não acredita no amor e é contra o casamento. Ela se torna dona de uma editora cheia de dívidas após o falecimento do sócio de seu pai.

Elliot Rothwell é o irmão caçula. Um famoso historiador e autor de grandes livros. Ele e os irmãos estão preocupados com relação a um manuscrito de Richard Drury em que ele contava uma mentira sobre seu pai, colocando em risco a reputação da família Rothwell, e que está prestes a ser publicado pela editora que Phaedra herdou. Assim, ele recebe a missão de encontrar a moça e impedir que o manuscrito seja publicado.

Elliot encontra Phaedra em Nápoles. Ela viajou em uma excursão para contatar conhecidos e descobrir mais sobre o manuscrito de seu pai, que ela prometeu publicar, e também para aprender mais sobre o passado de sua mãe. Ela estava presa após ter se metido em uma confusão com suas atitudes liberais, por isso restou a Elliot usar de sua inteligência e bons argumentos para libertá-la, sob a promessa de ficar responsável por ela dali pra frente.

Assim, eles seguem viagem juntos. Phaedra sempre se metendo em confusão e Elliot sempre tentando controla-la. Com o tempo, a atração que já sentiam um pelo outro começa a crescer cada vez mais, deixando Phaedra inconformada por ter se apegado tanto a um homem. Mas é inevitável e nenhum dos dois conseguirá resistir, acabando por se entregarem intensamente um ao outro e sempre desejarem mais.

Mas mesmo enfrentando juntos os conflitos de uma sociedade rígida que abomina o sexo sem casamento, vai chegar a um ponto em que eles não terão escolha a não ser casarem-se um com o outro, para o grande terror de Phaedra.


Claramente a Phaedra é feminista e isso foi o que me fez gostar tanto assim dela. Uma mulher de atitude e com opiniões próprias, sofrendo altos preconceitos da sociedade daquela época tão julgadora que não aceitava tais pensamentos libertinos. Só com muita coragem mesmo pra lidar com isso. É claro que ela leva esses pensamentos a extremos e não é bem assim, mas ela só seguia o que sua mãe pregava que era muito extremista. Mas logo a Phaedra enxerga que um casamento não precisa favorecer apenas ao homem, e assim ela começa a ver as coisas com outros olhos.

Já o Elliot achei muito fofo e paciente, só assim mesmo pra lidar com a Phaedra, haha. Mas também gostei do fato de ele ter sido firme algumas vezes e enfiado na cabeça dela que ela estava exagerando algumas vezes. Há um equilíbrio maravilhoso nesse casal, acho que isso foi o que eu mais gostei.

Enfim, gostei demais da história, não deixou nem um pouco a desejar. Como sempre, os livros dessa série bastante intensos e com várias coisas acontecendo ao mesmo tempo. Definitivamente não se trata de uma série maçante e monótona. Estou ansiosa para ler os próximos livros.


♦ Rothwell Brothers
1. The Rules of Seduction (2006) – As Regras da Sedução
2. Lessons of Desire (2007) – Lições do Desejo
3. Secrets of Surrender (2008) – Jogos do Prazer
4. The Sins of Lord Easterbrook (2009) – Segredos de um Pecador



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigada pela visita!
Se deixar seu blog/site junto com seu comentário, terei o maior prazer em retribuir a visita. ^^

Theme Base por Erica Pires © 2013 | Livro de Memórias, por Renata Carvalho | Blog no ar desde 03.05.2013 | Versão 2.2 no ar desde 01.01.2014 | Topo