[Desafio das 52 semanas] Semana 35: Minhas piores compras foram: | BEDA #31

segunda-feira, 31 de agosto de 2015


1. Sapatilhas
Eu acho sapatilhas uma das coisas mais fofas desse mundo, mas infelizmente nunca consegui encontrar alguma que ficasse confortável no meu pé, de modo que pudesse usar o dia inteiro sem me cansar. Eu já comprei duas, passei um longo tempo usando-as dentro de casa para lacear, mas não rolou.


2. Livro Morte Súbita
Comprei esse livro simplesmente porque é da J.K. Rowling, sem nem saber do que se trata essa história. Tentei começar a ler várias vezes, mas a história não me prendia, não me chamava a atenção, tem partes confusas e outras entediantes, e por isso não consegui chegar nem na metade. Me arrependo de ter comprado por impulso só por causa da autora. Eu deveria ter verificado antes que o livro é de um gênero que eu não gosto.


3. Jogo Skyrim
O jogo que eu comprei está em inglês, por isso não entendo nada do que tem que fazer, quais são as missões, qual é a história do personagem. Simplesmente ficava andando de um lado para o outro, ocasionalmente conversando com as pessoas e pegando objetos, sem nenhum objetivo. Nem sei porque comprei, esses jogos de RPG gosto mais de ver os outros jogando, passando pelos desafios, não eu.


4. Mangas de blusa
Quando eu tinha 13 anos, eu vi um look numa revista de adolescentes de uma menina que usava um vestido preto básico e uma manga também preta sem estar ligada ao vestido, simplesmente ficava no braço. Por algum motivo que hoje eu não entendo, achei aquilo muito estiloso e quis também, insisti para a minha mãe comprar, mas depois eu não tinha coragem de usar por ser algo estranho e jamais visto antes, vai entender! Sorte que custou barato.


5. Roupas largas
Muita gente compra roupas menores, na esperança de um dia emagrecer e aquilo servir. Comigo foi o contrário: eu sempre comprei roupas largas, na esperança de um dia engordar um pouco e aquilo me servir, mas isso NUNCA aconteceu. Eu nunca engordei, a minha vida inteira fui magrela, e por isso fui obrigada a usar essas roupas de qualquer jeito, folgadas mesmo. Muito pano sobrando que eu até sumia dentro delas, um horror. Finalmente um belo dia parei de ser trouxa, aceitei que nunca vou engordar e passei a comprar roupas apenas da minha numeração.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigada pela visita!
Se deixar seu blog/site junto com seu comentário, terei o maior prazer em retribuir a visita. ^^

Theme Base por Erica Pires © 2013 | Livro de Memórias, por Renata Carvalho | Blog no ar desde 03.05.2013 | Versão 2.2 no ar desde 01.01.2014 | Topo