[Desafio das 52 semanas] Semana 23: Coisas que me incomodam no mundo contemporâneo:

segunda-feira, 8 de junho de 2015

1. Machismo
Isso é o que mais me incomoda. É tanto absurdo que eu vejo por aí que nem parece que estamos no século XIX. Homens achando que a mulher serve apenas para estar na cozinha e na cama, e pior são as mulheres que também acham isso. Pessoas que simplesmente não entendem o que significa o feminismo (acham que é o ódio aos homens ou que as mulheres vão começar a andar nuas por aí), e por isso já começam a criticar. Claro que já evoluímos muito, mas ainda não chegamos lá, a luta continua.


2. Superficialidade em relacionamentos
Relacionamentos amorosos, de amizade, familiares. Esses relacionamentos que deveriam implicar numa certa intimidade, mas não é bem assim. Vejo muitos casais por aí que estão namorando por interesse, normalmente a menina para não ficar sozinha e poder dizer que tem um namorado, e o menino pra ter alguém com quem transar sempre que quiser. Hoje em dia os relacionamentos são muito mecânicos e práticos. Raríssimos são aqueles que são verdadeiros.


3. Adultização
Meninas de 10 ou 11 anos já namorando caras mais velhos, lutando desesperadamente pra se encaixar num padrão de beleza (fazendo regimes loucos, escova progressiva, maquiagem), andando com pessoas falsas só pra poder dizer que tem as "amigas mais populares". Sei bem como é isso, passei por tudo isso com 13 e 14 anos; mas o fato é que essa cobrança toda (que nem deveria existir) está acometendo as crianças e adolescentes cada vez mais cedo. É lamentável esse encurtamento da infância.

4. Padrões de beleza
Não preciso falar mais nada, né? O pior é que isso existe desde sempre. Com o tempo o padrão vai mudando, e as pessoas lutando todos os dias para se encaixar nesse padrão. Muitas pessoas acompanham modelos nas passarelas, celebridades (atrizes e cantoras), subcelebridades (blogueiras) e a maioria delas se encaixam nesse padrão. E se essas pessoas (que são os nossos exemplos, fontes de inspiração, digamos assim), seguem esse padrão, porque nós meros mortais ficaríamos de fora? Temos que parar de viver nossas vidas tendo como exemplo pessoas que nem sabem da nossa existência. Cada um é cada um. Eu não sou determinada celebridade, então porque eu preciso ter o corpo igual ao dela?

5. Uso excessivo do celular
Minha mãe não costumava ser viciada em celular, mas depois que eu apresentei pra ela o whatsapp e sugeri que ela comprasse um celular com android (com a única finalidade de mandarmos mensagem uma pra outra sem gastar nada, ao contrário do SMS), ela acabou se viciando e hoje não sai mais do celular. Eu não sou viciada em celular, mas talvez seja porque meu celular não seja tão bom e também eu não tenho paciência pra trocar mensagem e conversar com alguém, sou uma excessão à regra. E é por isso que eu digo, vejo muita gente viciada e isso não é bom, temos que nos controlar um pouco.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigada pela visita!
Se deixar seu blog/site junto com seu comentário, terei o maior prazer em retribuir a visita. ^^

Theme Base por Erica Pires © 2013 | Livro de Memórias, por Renata Carvalho | Blog no ar desde 03.05.2013 | Versão 2.2 no ar desde 01.01.2014 | Topo