Manhã de Núpcias — Lisa Kleypas

quarta-feira, 11 de março de 2015
Série: Os Hathaways #4

Título original: Married by Morning
Autor: Lisa Klaypas
Editora: Arqueiro
Gênero: Histórico, Romance
Ano: 2014
Páginas: 272
ISBN: 9788580412895
Lido em: Fevereiro de 2015
Nota: 
Sinopse: Quando herdou o título de lorde Ramsay, Leo Hathaway e sua família passavam por um dos momentos mais difíceis de sua vida. Mas agora as coisas vão bem. Três de suas quatro irmãs já estão casadas, uma preocupação que Leo nunca teve consigo mesmo. Solteiro inveterado, ele tem uma certeza na vida: nunca se casará. Mas então a família recebe uma carta que pode pôr tudo isso em risco: se Leo não arrumar uma esposa e gerar um herdeiro dentro de um ano, ele perderá o título e a propriedade onde todos vivem. Solteira e sem pretendentes, a governanta Catherine Marks talvez seja a única salvação da família que a acolheu com tanto carinho. O único problema é que Leo não compartilha do mesmo afeto que suas irmãs têm pela moça. Para ele, Catherine é uma megerazinha cheia de opinião que fala demais. Apesar de irritá-lo e quase o levar à loucura, ela é a primeira – e única – mulher com quem ele considera se casar. Catherine, por sua vez, tem uma opinião igualmente negativa a respeito do patrão. Além disso, ela esconde alguns segredos do passado e um deles pode destruir a vida que tão cuidadosamente construiu para si. Agora Leo e Catherine precisam um do outro, mas para vencer as dificuldades e consertar as coisas eles terão que superar as turras e as diferenças, num romance intenso e sensual que só Lisa Kleypas poderia ter escrito.

Manhã de Núpcias é o quarto livro da série Os Hathaways, escrito por Lisa Kleypas. Dessa vez não demorei nem um pouco para partir para a leitura desse livro, depois de ter terminado o anterior dessa série. Meu gosto pela leitura voltou com uma rapidez impressionante, o que me deixa muito feliz.

Esse livro agora vai contar a história de Leo Hathaway e Catherine Marks.

Leo é o irmão mais velho e herdou o título de lorde Ramsay, sendo assim toda a sua família se mudou com ele para uma casa em Hampshire. Ele era noivo de Laura Dillard, que morreu de escarlatina. A partir daí virou alcoólatra e não ligava para mais nada de sua vida, até ver que suas irmãs estavam preocupadas com ele e ele resolver mudar. Leo foi para a França com Win para ela se tratar, e dois anos depois quando retornaram, ela recuperada, Leo resolveu se redimir com sua família e se tornar um homem melhor, mas trancou seu coração para não se apaixonar novamente.

Catherine foi aceita como governanta na época que Leo e Win estavam na França. Ela é uma moça direita e nobre, respeitadora e fiel. Foi contratada por Amélia e Cam para ensinar Poppy e Beatrix a como se comportar feito damas na sociedade, mais tarde tornou-se dama de companhia das meninas. Quando os irmãos voltam para casa da viagem, Leo e Catherine se conhecem e no mesmo instante não se dão bem, e a partir daí eles começaram a brigar um com o outro incansavelmente.

Mas apesar das constantes brigas, nenhum dos dois consegue ignorar a atração que vem crescendo desde os livros anteriores, e que nesse já é quase incontrolável. Uma das maiores alegrias de Leo é provocar Cat sem motivo nenhum, apenas pelo prazer de estar na companhia dela. Catherine não consegue ficar quieta diante das provocações dele e acaba perdendo a compostura, brigando com ele e sendo sarcástica, mesmo sendo seu patrão, mas apesar de não abaixar a cabeça pra Leo, ela também não consegue evitar sentir tremores e arrepios na presença dele.

Tudo seguiria assim de não fosse a carta que chegou à família, determinando que Leo precisa se casar e gerar um herdeiro do sexo masculino no período de um ano, do contrário a família perderia aquela casa que tanto lutaram para cuidar e tornar um lar. Leo não quer largar sua vida de solteiro de jeito nenhum, embora pense muito que só há uma mulher na vida dele que gostaria de desposar, mas não vai ser fácil tentar convencer justamente Catherine, que não só tenta lutar contra seus sentimentos, mas também quer a todo custo manter enterrado um segredo obscuro do seu passado e não quer que ninguém descubra, principalmente os Hathaways.


A típica história do casal que briga para esconder seus verdadeiros sentimentos, esconder a paixão que na verdade sentem um pelo outro. Acho divertido esse tipo de coisa, gosto de ver as brigas bobas e sem fundamento, tudo pelo desespero de tentar esconder o amor que sentem um pelo outro. Leo acaba sendo o primeiro a dar o braço a torcer e se declarar, mas Cat ainda está muito arisca por causa de várias coisas, e por isso Leo terá muito trabalho em tentar convencê-la a confessar seus verdadeiros sentimentos.

A evolução de Leo ao longo dos livros é surpreendente. Ele começa como um bêbado incorrigível na série, passa por várias fases de redenção até se descobrir apaixonado e insistente pela mulher que ama. E eu também não queria falar nada, mas morri de amores pelo Hodger, o simpático e levado furão da Beatrix que conseguiu sozinho unir dois casais, haha.


A Série:

The Hathaways
1. Mine Till Midnight (2007) – Desejo à Meia-Noite
2. Seduce Me At Sunrise (2008) – Sedução ao Amanhecer
3. Tempt Me at Twilight (2009) – Tentação ao Pôr do Sol
4. Married By Morning (2010) – Manhã de Núpcias
5. Love In The Afternoon (2010) – Paixão ao Entardecer


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigada pela visita!
Se deixar seu blog/site junto com seu comentário, terei o maior prazer em retribuir a visita. ^^

Theme Base por Erica Pires © 2013 | Livro de Memórias, por Renata Carvalho | Blog no ar desde 03.05.2013 | Versão 2.2 no ar desde 01.01.2014 | Topo