[Resumo do Mês] Agosto de 2014

domingo, 31 de agosto de 2014


Agosto foi um mês e tanto para mim, muita correria: aulas na faculdade voltando, professores com ganas de nos entupir de trabalhos, o Xbox 360 chegando aqui em casa e eu só querendo jogar, eu iniciando um curso novo e puxado de cinema e principalmente o evento pelo qual passei o ano inteiro esperando ansiosamente, a Bienal Internacional do Livro de SP.

Acabei sumindo do blog na última semana por conta da bienal, fui em três dias e foi só alegria. Uns dias mais lotados do que outros, mas nada que me fizesse ficar com receio de participar. Logo mais farei um post aqui no blog sobre tudo isso. Também não consegui participar do Projeto Fotográfico e do Blog Day proposto pelo grupo Rotaroots, o que é uma grande pena por conta da correria, mas bola pra frente.

Ah, esse também foi o mês em que o blog deixou de se chamar “Cenas do meu livro de memórias” para ser apenas Livro de Memórias. Um nome menor, mais fácil de lembrar e que tem funcionado muito bem para mim.

Enfim, estou feliz por a correria ter passado (em parte) e voltar ao normal onde eu consegui estabelecer o controle da minha vida novamente, hahaha. Ainda assim não tá nada fácil, mas vamos que tudo há de dar certo no final. E fiquem agora com as postagens desse mês de agosto:


Curta Metragem:

Seriado:

Rotaroots:
• [Blogagem Coletiva] Uma carta para meu pai

Outros:


Livros lidos em Julho: 0

Filmes assistidos em Julho: 9

Matilda (1996)
Laranja Mecânica (1971)
Guardiões da Galáxia (2014)
Star Wars I – A Ameaça Fantasma (1999)*
Star Wars II – O Ataque dos Clones (2002)*
Star Wars III – A Vingança dos Sith (2005)*
Star Wars IV – Uma Nova Esperança (1977)*
Star Wars V – O Império Contra-Ataca (1980)*
Star Wars VI – O Retorno de Jedi (1983)*

* não foi a primeira vez que eu li/assisti


Follow Me:

[Meme] 5 programas que marcaram minha vida

sexta-feira, 22 de agosto de 2014
Este post faz parte do Rotaroots, um grupo de blogueiros saudosistas que resgata a velha e verdadeira paixão por manter seus diários virtuais. Todas as minhas postagens são da minha infância e/ou adolescência e vão até o ano de 2008, quando fiz 18 anos. Para ler todos os meus posts do Rotaroots, clique aqui. Quer participar? Então faça parte do nosso grupo no Facebook e inscreva-se no Rotation.

» No mês em que é comemorado o Dia da Televisão, vamos falar sobre os programas que marcaram nossas vidas. Podem ser antigos ou atuais. Novela, seriado, programa de auditório, gameshow, talkshow etc.


1. Castelo Rá Tim Bum
Eu era viciada em Castelo Rá Tim Bum quando eu era criança. Não me lembro agora quando eu costumava assistir, se era antes ou depois da escola ou apenas nos finais de semana, mas o fato é que eu adorava assistir as atrapalhadas do Nino e sua turma, gostava tanto que não costumava me importar nem um pouco de assistir de novo e de novo as reprises. Imaginem só então a imensa felicidade que eu senti por dentro quando tive a oportunidade de conhecer a TV Cultura e ver a pequena exposição sobre o Castelo antes de todo mundo, ainda em maio desse ano. Falei sobre isso aqui, aqui e aqui.


2. Chiquititas
Simplesmente fez parte da minha infância, eu não perdia um único episódio. Eu sabia cantar e dançar todas as músicas, vi todos os personagens crescerem, passando de crianças para adolescentes, vários dramas e emoções. Minha personagem favorita era a Tati. <3


3. As Aventuras de Tintin
Me lembro que passava às 18h na TV Cultura e eu sempre parava o que quer que eu estivesse fazendo para ir assistir. E eu já tinha avisado toda a minha família que das 18h às 19h a TV era minha e ninguém podia usar, tudo isso para assistir o Tintin e o Milu desvendando mistérios e viajando o mundo, era demais.


4. Bom Dia & Cia (Eliana e Jack)
Eu era bem pequena quando comecei a assistir o Bom Dia & Cia apresentado pela Eliana, por isso não me lembro de muitas coisas, exceto que eu gostava muito. Mais tarde a Eliana saiu e o programa passou a ser apresentado pela Jack, e pra mim continuou sendo igualmente bom. Eu sempre fui de assistir o SBT toda manhã, do que a Globo.


5. O Pequeno Urso
“Pra variar”, outro desenho da TV Cultura (amo essa emissora). Esse era um desenho tão simples, tão “confortável”, passava tanta paz, sensação de proteção. Eu não sei explicar muito bem, mas era assim que eu me sentia. Era tudo tão simples, apenas as brincadeiras de um grupo de amigos que curtiam bastante o momento, observavam e davam valor às pequenas coisas. Era muito bom!


Outras menções honrosas que eu não queria deixar de citar:

DESENHOS: Pica Pau, As Aventuras de Babar, Cavalo de Fogo, O Fantástico Mundo de Bob, Os Anjinhos, Caverno do Dragão, Ursinhos Carinhosos, Pingu, Doug Funny, Sailor Moon, A Hora do Recreio, Os Camundongos Aventureiros, Looney Tunes, Popeye, Tom & Jerry, Ursinho Pooh
PROGRAMAS: O Mundo de Beakman, Cocoricó, Glub Glub, Disney Cruj, Fantasia
SÉRIES: Chaves, Mundo da Lua, Três é Demais, Anos Incríveis, Um Maluco no Pedaço


Eu sei que o Meme era para citar apenas programas que marcaram a minha vida, mas eu simplesmente não quis deixar de citar alguns desenhos que passaram pela minha vida e que se tornaram inesquecíveis para mim. Sempre fui aquela criança que brincava na rua com os amigos, mas quando estava em casa, eu amava demais assistir televisão, pra mim é algo fascinante. Não é a toa que eu cresci e resolvi cursar Rádio, TV e Internet.

Ah, e outra coisa, lembrem-se sempre: Assim como a televisão não substituiu o rádio, a internet também não substituirá a televisão.

Curiosidade: O Dia da Televisão é comemorado no dia 11/08 no Brasil. Ela só foi chegar por aqui no dia 18 de setembro de 1950, que é quando foi inaugurada a primeira emissora brasileira, a TV Tupi.


E vocês, que programas/desenhos/séries costumavam assistir bastante (ou ainda assistem)? :)


Follow Me:

[Seriado] Glee – 2ª temporada

quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Criador(es): Ryan Murphy, Brad Falchuk e Ian Brennan
Estreia: 21 de setembro de 2010
Nº de episódios: 22
Duração por episódio: 42 minutos
Gênero: Comédia, Drama, Musical
País de origem: EUA
Elenco: Lea Michele, Cory Monteith, Matthew Morrison, Jane Lynch, Amber Riley, Chris Colfer, Dianna Agron, Jayma Mays, Jenna Ushkowitz, Kevin McHale, Naya Rivera, Mark Salling
Nota:  
Sinopse: A história da série é focada nos esforços do professor de espanhol Will Schuester, em reerguer o coral da escola William McKinley, em Lima, Ohio, chamado de “Glee Club” (Clube do Coral), que no passado foi motivo de grande orgulho para todos os alunos na instituição. No entanto, a escola não tem recursos para sustentar o coral, que a princípio só atrai os alunos pouco populares. Assim, eles precisam chegar à final do campeonato regional de corais para garantir a verba para continuar funcionando.

Após perder as Regionais, o Glee Club está de volta ao patamar do qual nunca saíram: o dos perdedores. O Sr. Shuester pressiona os alunos para ajudarem a recrutar novos membros para o grupo, a fim de treinarem com mais afinco e ganharem a próxima Regional, que acontecerá em Nova Iorque. Finn descobre Sam Evans (Chord Overstreet), um aluno novo do colégio com grandes talentos para a música; enquanto que Rachel descobre Sunshine Corazon (Charice), uma garota que é tão boa quanto Rachel, o que vai deixar a mesma preocupada por perder o centro das atenções no grupo.

Will se sente inseguro com relação ao novo namorado de Emma, o dentista Carl Howell (John Stamos). O doutor pede para examinar a higiene dental de alguns alunos do coral. Brittany e Santana, enquanto estão anestesiadas, sonham que estão cantando e dançando uma música da Britney Spears, adquirindo assim confiança para começarem a se destacar no grupo e exigirem seus próprios solos nas músicas. A mesma experiência acontece com Artie e Rachel, mas numa forma de desabafar, já que não estão mais namorando Tina e Finn, respectivamente.


Para o musical anual do McKinley, Will resolve performar “The Rocky Horror Show”, em mais uma tentativa de tentar conquistar Emma, já que é o musical preferido dela. Mas a ideia acaba gerando muitas polêmicas, envolvendo Finn andar de cueca pela escola para se adaptar ao figurino de seu personagem, o que faz com que o musical tenha que ser cancelado. Ainda assim eles apresentam apenas para eles mesmos.

Há uma nova treinadora no colégio, Shannon Beiste (Dot-Marie Jones) que é bem rígida com os meninos quando estão jogando e tem mesmo esse ar de durona, mas por dentro ela é uma garota frágil que só quer encontrar o amor como qualquer pessoa. Acaba se tornando uma grande amiga de Will.

Kurt passa a sofrer perseguição de Dave Karofsky (Max Adler) por ser gay, e se sente bastante chateado quando a escola não faz nada para impedir isso. Um dia, ele vai visitar a Dalton Academy, um internato para meninos, que será o concorrente do Glee Club nas Seletivas. Lá, ele conhece Blaine Anderson (Darren Criss) que também é gay, diz que na academia a tolerância a preconceitos é zero e estimula Kurt a enfrentar Karofsky. Ainda assim a pressão é tanto que Kurt resolve mudar de colégio, indo estudar com Blaine e se sentindo muito melhor.


Holy Holiday (Gwyneth Paltrow) é a nova professora substituta de espanhol e do Glee Club, quando Will fica doente. Rapidamente Holy conquista a simpatia de todos no grupo, deixando-os cantarem o que quiser e incentivando todos a cantarem músicas mais modernas e divertidas. Rachel, por outro lado, acha que não há mais disciplina e que daquele jeito nunca vão ganhar nenhuma competição, acabando por não gostar da nova professora. Mas as duas vão chegar a um consenso.

Acontece um casamento entre Burt Hummel (Mike O’Malley), o pai de Kurt, e Carole Hudson (Romy Rosemont), a mãe de Finn. Kurt fica muito feliz com tudo isso, já que está vendo seu pai feliz e saudável de novo, vai ganhar uma nova mãe com quem poderá conversar sobre moda, e também terá Finn como irmão. Já Finn, por outro lado, vai demorar um pouco para aceitar tudo isso.

Sue continua decidida a acabar com o Glee Club, fazendo o possível para demitir Will e Beiste que apoiam e ajudam o grupo, trazer intrigas entre os integrantes e mudando a data das apresentações, a fim de fazê-los escolher o que é prioridade.


Há uma grande troca de casais nessa temporada: Tina terminou com Artie e começou a sair com Mike, causando assim falatórios que eles estão juntos só porque são orientais. Artie se interessa por Brittany. Kurt conhece Blaine e fica com ele. Puck, sempre galã e popular, para a surpresa de todos, começa a sair com Lauren Zizes (Ashley Fink), que é acima do peso, mas a garota vai se mostrar bastante decidida e confiante, conquistando assim o amor de Puck.

Quinn começa a sair com Sam, enquanto que Finn e Rachel finalmente ficam juntos, mas depois acabam brigando quando ela descobre que ele perdeu a vingindade com Santana e ela beijou Puck para se vingar. Com o término, Finn e Quinn vão tentar ficar juntos de novo, o que vai fazer com que Sam tente reconquistar Quinn, mas não vai dar certo, então ele começa a sair com Santana. Santana começa a aceitar que é bissexual para si mesma e se declara para a amiga Brittany, mas ela prefere continuar com Artie. Rachel começa a namorar Jessie, para ciúmes de Finn, mas não vai dar certo. Sam termina com Santana e vai começar a sair em segredo com Mercedes.

As Nacionais acontecem em Nova Iorque e o Glee Club resolve cantar musicais originais, apenas criações deles mesmos. Para conseguir escrever músicas novas, todos saem para passear pela cidade para conseguir inspiração e se apaixonam pelo lugar. Rachel e Kurt concordam que pretendem se mudar para lá quando terminarem a escola. Cinquenta corais participam da competição, mas será divulgada uma lista de apenas dez dos melhores e o Glee Club se esforça para estar nela.



Gostei muito mesmo dessa segunda temporada, achei que foi até melhor do que a primeira (que já era boa). As músicas são mais conhecidas, os figurinos foram arrasadores, a história em si muito boa, e os personagens novos foram os melhores, grandes participações especiais e inesquecíveis que foram grande sucesso quando estreou.

Particularmente gostei demais do episódio com a participação especial de ninguém menos do que da Britney Spears. Eu adoro essa mulher e as músicas dela, então ver os personagens cantando os maiores sucessos dela foi arrasador. Claro que não chegaram aos pés do original, mas ainda assim gostei bastante do resultado final. Foi nesse momento que a Brittany passou a ser uma das minhas personagens favoritas (além da Tina). Ela pode não chegar a cantar muito, mas dança demais, já que a atriz é dançarina profissional, e é muito bonito de se ver.

Basicamente, quase todos os personagens que eram secundários na primeira temporada, se tornaram parte dos principais agora na segunda. Além da Brittany, temos também a Santana e o Mike. Além também de personagens que já chegaram arrasando como o Sam e o Blaine.

A Rachel continua metida e egoísta como sempre, querendo apenas o solo principal para ela e os outros que façam o coro. Por isso que eu sempre apoiava a Mercedes e a Santana quando também tentava serem as principais. Mas embora ela continue sendo chata, ao menos não está tanto quanto na primeira temporada.

E há um grande exagero de troca de casais entre os integrantes do Glee Club. Muitas brigas e reconciliações, vinganças e arrependimentos. O que eu descrevi na resenha não foram todos, há muitos que ainda ficaram de fora que eu não falei.

Mas enfim, apesar de tudo, gostei muito mesmo. Como sempre, essa série é apenas para divertimento com as músicas, dramas e as situações típicas de adolescentes. Apenas quem gosta desse tipo de coisa vai gostar da série.


A série:

Glee
2ª temporada (2010)
3ª temporada (2011)
4ª temporada (2012)
5ª temporada (2013)
6ª temporada (2014)


Follow Me:

[Curta Metragem #5] Geri’s Game

segunda-feira, 18 de agosto de 2014


Geri’s Game (O Jogo de Geri) é um curta-metragem lançado pela Pixar Animation Studios. Dirigido por Jan Pinkava. Foi lançado no dia 25 de novembro de 1997. Tem duração de 4 minutos. Foi vencedor do Oscar de Melhor Curta Metragem.
Sinopse: O curta se passa em um parque e conta a história de um simpático velhinho chamado Geri que joga xadrez contra ele mesmo, de um lado ele é do bem e de outro ele é do mal. Seu lado mau está ganhando e faz seu lado bom quase ter um ataque cardíaco, mas seu lado bom consegue virar o jogo (literalmente).

Vi esse curta pela primeira vez quando fui assistir Vida de Inseto no cinema. Acho até que foi o primeiro curta-metragem que assisti na vida, tenho quase certeza disso. Na época eu tinha 7 anos. Eu não tinha essa noção de que se tratava de um “curta-metragem”, achava apenas que era um desenho que resolveram colocar antes do filme despretensiosamente, apenas para animar o telespectador. O que não deixa de ser verdade.

Claro que eu adorei, é bem divertido, engraçado. Em certo momento a gente fica realmente na dúvida se de fato não tem mais alguém jogando com o Geri, talvez um irmão gêmeo “do mal” que resolveu aparecer do nada e a gente nem se tocou disso. O curta está de parabéns!




Follow Me:

[Blogagem Coletiva] O que eu mais gosto de escrever no meu blog?

sábado, 16 de agosto de 2014
Este post faz parte do Rotaroots, um grupo de blogueiros saudosistas que resgata a velha e verdadeira paixão por manter seus diários virtuais. Todas as minhas postagens são da minha infância e/ou adolescência e vão até o ano de 2008, quando fiz 18 anos. Para ler todos os meus posts do Rotaroots, clique aqui. Quer participar? Então faça parte do nosso grupo no Facebook e inscreva-se no Rotation.

» Faça um post contando sobre os temas que você mais gosta de escrever no blog, porque você gosta, sobre coisas que você gostaria de falar com mais frequência, enfim. Uma conversa bacana com seus leitores e uma oportunidade de declarar seu amor pelo blog.
Sugestão da Bárbara Pedrosa.


Sobre o que eu mais posto

LITERATURA: Foi graças aos livros que eu criei o meu blog. Inicialmente ele era apenas literário, no qual eu me dedicava apenas às postagens de resenhas de todos os milhares de livros que eu lia, mas foi só mais tarde que eu resolvi tornar o blog mais diversificado no qual eu falaria sobre aleatoriedades, mas jamais abandonando as resenhas dos livros. Às vezes é difícil organizar as ideias na hora de fazer uma resenha de um livro que eu tenha acabado de ler, afinal são tantas informações que eu não queria deixar de fora, mas sempre consigo no final, sendo algo gratificante pra mim. Talvez hoje eu já não faça mais tantas resenhas de livros como antigamente, mas nunca vou abandonar essa categoria aqui no blog, afinal livros são muito amor.


CINEMA: Não sou nenhuma expert em cinema, mas que eu admiro absurdamente a 7ª arte, isso é verdade. Desde filmes antigos mudos e preto e branco, até os da última geração com efeitos visuais realistas e tecnologia de ponta. E não só isso, mas admiro também o modo como ele é feito, toda a produção, desde a primeira ideia que se tem da história até a divulgação e lançamento. Não é a toa que estou fazendo faculdade dessa área e querendo aprender cada vez mais. Diante disso, faço o possível para dar a minha sincera opinião sobre todos os filmes que eu resenho, incluindo os que eu amei e os que eu não gostei nem um pouco, afinal eu acho que todos, sem exceção, devem ser avaliados.


SERIADOS: Eu também sou a louca das séries. Assisto várias ao mesmo tempo, atuais e já finalizadas. Comecei quando era criança assistindo Anos Incríveis e Chaves, hoje já finalizei 6, estou assistindo 8 e pretendo começar a assistir (por enquanto) umas 12. Pra mim, uma série é uma coisa tão grande e complexa que eu não acho justo resenhar apenas ela, não acho que faz jus ao que ela realmente é. Assim como deve-se falar separadamente de cada filme de uma série, eu acho que também deve-se falar sobre cada temporada de uma série. É por isso que eu resenho as temporadas, e não a série em si. Eu acho que é muito mais difícil resenhar uma temporada de uma série do que um filme ou livro, mas eu gosto tanto disso que nem me importo.


ROTAROOTS: Depois que descobri esse grupo de blogueiros saudosistas com o objetivo de resgatar as blogagens de antigamente, do tempo que os primeiros blogs começaram a surgir, não desgrudo mais. Não que eu seja desse tempo, afinal esse blog que eu estou é o primeiro e ele só foi surgir no ano passado, mas ainda assim eu gosto e admiro muito as postagens old school e também acho que todos os blogueiros de hoje em dia deviam ser mais como os de antigamente, não abandonando nunca a boa e velha escrita, os textos, ao invés de apenas fotos e vídeos.



Sobre o que eu gostaria de postar mais

Me comprometi a fazer vários posts sobre DICAS de blogs, youtubers, flickrs, instagrams etc., mas ainda não caí de cara pra valer nisso. Mas quero que saibam que não abandonei isso. Afinal eu frequento tantos blogs legais por aí, vários canais no youtube, flickrs lindos e inspiradores, aplicativos muito úteis e várias outras coisas, que eu acho que todo mundo deveria ao menos conhecer e saber o que está perdendo. Gosto de ler dicas nos blogs dos outros e queria muito também dar dicas por aqui bem legais.

Não sou nenhuma profissional da FOTOGRAFIA, bem que eu queria ser. Eu tenho estudado e treinado muito, afinal me fascina essa área, sou uma grande amante de fotos bem tiradas, enquadradas, com a luz certa, passando a mensagem certa e na hora certa. Quero que essa categoria esteja presente mais vezes aqui no blog, mas eu ainda acho que não é a hora certa, não quero trazer para cá fotos de uma amadora e jovem aprendiz. Mas quem sabe um dia.

Eu tinha começado a fazer posts sobre MÚSICA, aquelas que eu mais curtia, mas eu não achava que estava certo. Pra quê falar de várias músicas que eu gosto quando eu posso falar de uma vez do cantor/banda/grupo e todas as suas músicas que eu curto? Mas ainda assim parece ser estranho, afinal não existe um único artista no mundo que eu gosto de 100% de suas músicas. Eu amo a Britney Spears e ouço várias músicas dela, mas ainda assim não são todas as músicas que ela criou em toda a sua carreira que eu gosto. Enfim, ainda estou confusa sobre o que fazer nessa categoria, mas não quero abandoná-la, afinal a música é o combustível do meu corpo, eu só ainda não sei como expressar isso aqui no blog. Mas vou pensar em algum jeito.

Criei a categoria PASSEIOS por causa de uns lugares que acabei visitando, mas a verdade é que eu não costumo viajar muito, seja para uma cidade diferente ou mesmo na padaria do meu bairro. Minha vida é basicamente casa e faculdade. Então essa categoria deve ser a menos atualizada de todos, mesmo assim ela fica aí porque milagres acontecem e acaba surgindo uma oportunidade inesperada de conhecer algum lugar novo.

Não sou nenhuma cozinheira, mas de vez em quando eu gosto de fazer algumas sobremesas de chocolate, por isso criei a categoria RECEITAS. Ainda assim não é sempre que isso acontece, somente nas ocasiões que minha mãe compra todos os ingredientes que eu preciso e eu tenha tempo.

Tenho planos para postar mais vezes na categoria RTVI com qualquer coisa ligada ao meu curso, tudo o que eu achar interessante. Só preciso me organizar melhor na minha vida universitária.


Follow Me:

[Seriado] The Big Bang Theory – 3ª temporada

quinta-feira, 14 de agosto de 2014

Criador(es): Chuck Lorre e Bill Prady
Estreia: 21 de setembro de 2009
Nº de episódios: 23
Duração por episódio: 22 minutos
Gênero: Comédia
País de origem: EUA
Elenco: Kaley Cuoco, Johnny Galecki, Jim Parsons, Simon Helberg, Kunal Nayyar
Nota: 










Passam-se três meses quando Leonard, Sheldon, Howard e Rajesh finalmente voltam do Pólo Norte. Penny fica muito feliz quando eles retornam, mesmo que barbudos.

Penny e Leonard embarcam mais uma vez num relacionamento cheio de altos e baixos. Há momentos em que conseguem ficar sozinhos, outras vezes são interrompidos pelos amigos que precisam sempre da ajuda de um deles (seja com conselhos ou um ombro para lamentar). Leonard também se esforça para se enturmar com os amigos de Penny, mas aquela não é a turma dele. Penny também tenta compreender mais Leonard, perguntando a Sheldon com o que ele trabalha, mas as explicações dele vão deixar ela ainda mais confusa.

Raj e Howard ainda continuam em suas eternas buscas por ficar com alguma garota. Para isso ele chegam a frequentar até mesmo um clube gótico.

Para não ter que voltar para a Índia, Raj é obrigado a aceitar trabalhar para Sheldon, tendo relutado muito e avaliado se realmente valia a pena.


Howard se sente sozinho quando Raj começa a passar boa parte do seu tempo trabalhando para Sheldon, o que o faz ficar carente, na cola de Leonard e Penny que queriam ficar sozinhos. Ele também implora para Leonard convencer Penny a apresentar a ele uma das amigas dela. Mais do que nunca, nessa temporada, Howard está em uma busca frenética por uma garota que goste dele.

Sheldon participa de um torneio de figurinhas e conhece um de seus maiores ídolos: Wil Wheaton, ator de Star Trek: The Next Generation. Mas que vai se mostrar uma pessoa não tão legal assim, acabando por se tornar na verdade um inimigo de Sheldon. Essa rivalidade é mais uma vez posta à prova quando eles vão jogar boliche um contra o outro.

Há também um colega de trabalho em que os amigos nunca gostaram chamado Kripke (John Ross Bowie), principalmente Sheldon. Os dois vivem se desentendendo, discordando em vários assuntos e competindo sempre pra ver quem é o melhor em qualquer coisa.


Sheldon e Penny continuam como sempre não se entendendo em várias coisas, mas ainda se apoiando e buscando ajuda um no outro. Há um momento em que Penny desloca seu ombro e resta a Sheldon leva-la ao hospital e cuidar dela em casa, cantando a clássica música “Soft Kitty” para que ela durma.

Penny resolve então fazer uma boa ação e apresentar sua amiga Bernadette (Melissa Rauch) para Howard. Inicialmente ela o acha bastante estranho e ele faz de tudo (do seu jeito) para não perdê-la, o que vai causar uma impressão mais estranha ainda nela.

Apenas de brincadeira, Howard e Raj resolvem arrumar um par romântico para Sheldon num site de relacionamentos, imaginando que não haveria mulher no mundo que se envolveria com as estranhezas dele. Mas no último episódio dessa temporada, aparece pela primeira vez Amy Farrah Fowler (Mayim Bialik) que responde ao anúncio do site e que terá uma grande participação na próxima temporada.



Como já conhecemos bastante os cinco personagens principais, agora nessa temporada começamos a ter pequenas participações de novos personagens que ainda são secundários, mas que ganharão maior participação nas próximas temporadas. Eu ainda não tinha como conhecer muito bem a Bernadette e a Amy, mas logo nota-se que elas são tão estranhas quanto os outros, o que me fez gostar muito delas logo de cara.

Nessa temporada há a musiquinha chamada “Soft Kitty” que o Sheldon costuma cantar quando está triste ou doente e que ele ensinou para a Penny. É super fofinha e volta e meia eu mesma estou aqui cantando, hehe.

ORIGINAL: 
“Soft kitty, Warm kitty, Little ball of fur, Happy kitty, Sleepy kitty, Purr purr purr”

TRADUÇÃO:
“Gatinho macio, Gatinho quentinho, Bolinha de pelo, Gatinho feliz, Gatinho dorminhoco, Miau miau miau”

Particularmente eu amei o episódio em que os quatro amigos encontram o anel de O Senhor dos Anéis em uma venda de garagem e começam a brigar sobre quem vai ficar com ele. Destaque para o final quando o Sheldon acha que ganhou, hahaha.

Nessa temporada ficamos sabendo como Leonard e Sheldon se conheceram a acabaram como colegas de quarto. Destaque também para o elevador do prédio que vive eternamente quebrado e a gente fica sabendo como aconteceu. Mas eu soube que o elevador quebrado foi uma ideia dos produtores para aproveitar as escadas e continuarmos acompanhando as conversas dos personagens enquanto eles sobem ou descem, ao invés de utilizar o espaço fechado e sem movimentação do elevador.


A série:

The Big Bang Theory
3ª temporada (2009)
4ª temporada (2010)
5ª temporada (2011)
6ª temporada (2012)
7ª temporada (2013)
8ª temporada (2014)


Follow Me:

Sorteio do blog Cereja Rocks

terça-feira, 12 de agosto de 2014


A Talita Lopes, do blog Cereja Rocks, pegou um post aleatório do mês de Julho de 2014 e fez um sorteio entre as pessoas que comentaram nele. Todo final de mês ela fará isso. E o sorteado ganhará um kit com produtos da loja dela ou não. Essa é uma forma, segundo ela, de fazer algo especial em agradecimento somente às pessoas que gostam do blog e acessam sempre ou de vez em quando.

E adivinha só quem foi a sorteada de julho? Eeeu! \o/ Vocês conferem isso AQUI.

Volta e meia eu visito o blog dela, não tem como não fazer isso, fofo do jeito que é e com posts tão legais, e em todas as minhas visitas eu faço algum comentário, é bem legal debater sobre o assunto do post, ler a opinião dela sobre determinado assunto e dar a sua opinião também.

Enfim, eu não imaginava que um dos posts que eu comentei despretensiosamente seria o escolhido para o sorteio. Muito menos que EU acabaria sendo a sorteada. Imagina só a surpresa que eu senti quando recebi o e-mail da Talita dizendo que eu fui a escolhida. Eu nunca tinha ganhado nenhum sorteio antes na minha vida. Fiquei extremamente feliz!

E vocês já viram os produtos da loja dela? Não deixem de visitar a Loja Cereja Rocks. De vez em quando eu ia lá e ficava babando pelos produtos lindíssimos, desejando ter algum.

Enfim, não demorou quase nada e eu já recebi o kit que vocês conferem pelas fotos abaixo. É um mais lindo do que o outro *O*












Eu adorei o marcador de página e o cartão, super fofos! A meia-calça eu já estava querendo uma assim há muito tempo. Como fanática por Harry Potter e Jogos Vorazes, eu pirei no colar das relíquias da morte e no tordo. Já acabei com as balas no mesmo dia que recebi, estavam muito boas. E ameeei o recadinho! *-*

Muito obrigada meeeeesmo Talita pelos presentinhos, não tenho palavras pra descrever o quanto eu adorei! Muito sucesso no blog, na loja e em tudo o que você fizer na vida, você merece!

Sigam o Cereja Rocks:
Twitter: @cereja_rocks
Instagram: @cerejarocks


Follow Me:

[Blogagem Coletiva] Uma carta para meu pai

domingo, 10 de agosto de 2014
Este post faz parte do Rotaroots, um grupo de blogueiros saudosistas que resgata a velha e verdadeira paixão por manter seus diários virtuais. Todas as minhas postagens são da minha infância e/ou adolescência e vão até o ano de 2008, quando fiz 18 anos. Para ler todos os meus posts do Rotaroots, clique aqui. Quer participar? Então faça parte do nosso grupo no Facebook e inscreva-se no Rotation.

» No mês do Dia dos Pais, vamos fazer uma blogagem coletiva bem aos moldes de uma outra que fez muito sucesso aqui no Rotaroots, a do “Uma carta para o meu eu de 10 anos atrás”. Escreva uma carta para seu pai, sobre as coisas que você gostaria de dizer para ele, não importa onde ele esteja. É uma blogagem pra emocionar, chorar e encher nossos corações de amor.



Oii pai,

Nem sei por onde começar para descrever o maravilhoso homem que você é. O primeiro e único na minha vida. Aquele que mais me apoiou em absolutamente tudo o que eu fiz na minha vida, me incentivou, me deu conselhos, se preocupou comigo, me amou.

Quando eu nasci, eu sei que fui um acidente, não tinha sido planejada. Muitos moleques teriam dado no pé e não assumido o que fez. Mas você, com apenas 18 anos, não abandonou a minha mãe e assumiu a paternidade. Ficando nervoso e ansioso quando eu estava prestes a nascer e se emocionando e me amando no instante em que eu vim ao mundo.

Não foi fácil me criar quando você e minha mãe eram tão jovens e inexperientes, tenho certeza disso, mas nenhum dos dois desistiu de mim. Levávamos uma vida bem humilde, cheia de altos e baixos, mas pra mim não importava mais nada, desde que eu tivesse você e minha mãe. Podendo sempre contar com o amor de vocês, nunca me faltou mais nada de que eu precisasse.

Muitos anos se passaram e nada mudou entre a gente. Você sempre foi muito trabalhador, esforçado e inteligente, nunca me deixou faltar nada. Todas as broncas que você me deu na vida, eu sei que foram para o meu bem. Você sempre se preocupou em fazer o que fosse melhor pra mim, para o meu crescimento como pessoa.

Eu sempre pude e continuo podendo contar sempre com você, eu sei disso, e isso me dá uma paz e uma sensação de segurança que você não imagina. Desculpe se não digo muitas vezes “eu te amo”, nós dois não somos muito chegados nessas demonstrações de afeto, mas eu quero que você saiba que eu te amo sim, incondicionalmente, e isso nunca vai mudar.

Obrigada por ser essa pessoa maravilhosa que você é. Você é um pai excepcional, nunca duvide disso. Eu te amo muito!

Com amor,

sua Renatinha

P.S.: Meu pai se chama Vagner 

E feliz dia dos pais para os pais de todos os visitantes daqui do blog. Curtam bastante o dia de hoje com ele!


Follow Me:

Bienal do Livro SP 2014 – Minha programação

sábado, 9 de agosto de 2014


Oii gente, tudo bem?

Como vocês já estão carecas de saber, está para acontecer a 22ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo do dia 22 (sexta-feira) a 31 (domingo) de agosto de 2014, no Parque Anhembi.

Horários: De Seg. à Sex. das 9h às 22h / Sáb. e Dom. das 10h às 22h (*dia 31/08 somente até às 21h)

Eu mal consigo me aquietar de tanta ansiedade. A primeira vez que eu fui, foi a que ocorreu em 2012 em SP. Na época eu ainda não tinha blog, eu fui com uns amigos e adorei cada instante que passei ali, apenas observando tudo e comprando algumas coisas. Em 2013 a Bienal foi no Rio, e como eu não tinha condições de ir, fiquei em casa só vendo as fotos e notícias que saíam e morrendo de inveja de quem estava lá.

Mas agora em 2014 a Bienal é em São Paulo de novo, então claro que eu vou mais de uma vez. Eu moro em Guarulhos, mas como minha cidade é bem do lado da de São Paulo, não tenho o menor problema em chegar lá.

COMO CHEGAR
Vou pegar o ônibus até o Terminal Tietê. Lá haverá transporte gratuito à disposição que vão levar e buscar as pessoas de lá até o Anhembi. Eles funcionarão uma hora antes da abertura até uma hora após o fechamento do evento. Como eu não tenho carro, essa será a minha melhor solução.

INGRESSO
Claro que eu já comprei meus ingressos antecipadamente, pela internet. Optei por imprimir em casa mesmo, então eu os recebi em forma de PDF, imprimi e já estou com eles em mãos. Essa com certeza foi uma das melhores coisas que fiz, já que as filas para comprar o ingresso na hora estarão com certeza enormes. Ah, e eu comprei os meus usando o Meia Samsung, já que eu tenho um celular e um tablet Samsung. Para entrar, só precisarei apresentar um dos meus aparelhos.

PRATICIDADE
Nada de ir de salto nesse lugar, nem saia ou qualquer outra roupa desconfortável. Eu mesma vou de tênis, calça, blusa de manga curta (caso esquente), e levarei uma blusa de frio na mochila (caso esfrie).

Outra coisa importante: mochila. Levarei os livros da Kiera Cass e da Carina Rissi para elas autografarem, e também vou comprar livros novos lá na Bienal, então a melhor solução será ir de mochila que é grande e fácil de carregar, do que bolsa de lado ou apenas uma sacola. Também levarei na mochila coisas para comer (sanduíche, suco, bolacha, água, frutas) que sai muito mais em conta do que comprar algo lá na praça de alimentação que costuma ser bem cara. Ah, falando nisso, não esquecem em hipótese alguma de levar junto uma garrafinha de água. Você com certeza vai andar muito e precisará se refrescar mais do que o normal, então não se esqueça.

MINHA VISITA
Bom, com toda certeza os dias 23/08 e 30/08 já é confirmado que eu vou. Eu sei que por ser nos sábados, o lugar ficará muito cheio, mas eu não me importo, não vou ter pressa nenhuma para curtir o lugar. Além do mais, estou planejando chegar bem cedo, um pouco antes dos portões se abrirem. Eu faço questão desses dias porque estou ansiosa para conseguir os autógrafos da Kiera Cass no dia 23, e também os da Carina Rissi e do Maurício de Sousa no dia 30.

Estou pensando também em ir no dia 27/08 (quarta-feira) porque eu não tenho aula na faculdade nesse dia, porque é um dia um pouco mais vazio se comparado ao final de semana (posso olhar melhor as coisas) e também porque nunca é demais visitar a Bienal ;D Ainda não é certeza, mas eu confirmo aqui quando eu decidir.

Minha mãe também queria ir, mas para ela só daria numa sexta-feira. Ainda não é certeza, vou conversar com ela melhor, mas talvez a gente vá no dia 29/08. Acho que ela não pode perder a oportunidade de ir porque ela é professora e não só entra de graça, como também recebe desconto nos livros.


Enfim, é isso o que eu tenho planejado por enquanto. Quando acabar toda a Bienal, com certeza irei fazer aqui no blog alguns posts sobre como foi e postarei as fotos que eu tirar.

Obs: Todas as informações desse post foram retiradas do próprio site da Bienal que você pode visitar e tirar todas as suas dúvidas AQUI. Não deixe também de seguir o twitter e curtir a fanpage para estar por dentro de todas as novidades que saem :)

Beeeijos!


ATUALIZADO 18/08/2014:

Mudança de planos!

Eu fui selecionada para um curso que me inscrevi na minha cidade sobre cinema. É uma oportunidade única, afinal não é costume ter um curso desse tão bom por aqui e voltado à minha área, além de gratuito.
Fiquei muito feliz por estar dentro, maaaaas... Agora terei aula TODO SÁBADO, das 9h até 18h. E a lista de espera dos que não entraram é enorme, mais de 100 pessoas, e qualquer falta minha não justificada, eu perco a vaga.

Então, não poderei mais ir à Bienal nos dias 23 e 30/08. Até falei com uma mulher do curso para saber se teria problema eu não ir em pelo menos um desses dias, e ela falou que sim, que tinha problema.
É, estou aqui bem triste porque não pegarei a autógrafo da Kiera Cass, da Carina Rissi e nem assistirei palestras super legais nesses dias, incluindo uma com o Maurício de Sousa :(((

Então eis minha nova programação:
Irei nos dias 24/08 (domingo), vou normalmente no dia 27/08 (quarta-feira) como já estava programado, e também irei no dia 31/08 (domingo) com minha mãe e irmã.

Então quem também for nesses dias, nos vemos lá! o/

Beijoos!



Follow Me:

Theme Base por Erica Pires © 2013 | Livro de Memórias, por Renata Carvalho | Blog no ar desde 03.05.2013 | Versão 2.2 no ar desde 01.01.2014 | Topo