[Meme] 5 coisas para fazer na minha cidade

sexta-feira, 28 de março de 2014
Este post faz parte da blogagem coletiva do Rotaroots, um grupo de blogueiros saudosistas que resgata a velha e verdadeira paixão por manter seus diários virtuais. Para ler todas as blogagens coletivas do Rotaroots, clique aqui. Quer participar? Então faça parte do nosso grupo no Facebook e inscreva-se no Rotation.
Esse meme foi sugestão da Adriana, reforçada pela Paula.
Tenho que mostrar cinco coisas para se fazer na minha cidade, lugares para ir, pontos turísticos para conhecer ou o que for. Contar um pouco do lugar onde eu moro.


Eu nasci, cresci e moro em Guarulhos/SP. Mesmo assim eu não diria que conheço muitos lugares para se visitar daqui porque saio pouco por aí e nem sei andar de ônibus direito para ir aos lugares que preciso.
Mas ainda assim tem poucos lugares que gosto de visitar e que recomendo caso algum dia queiram vir à Guarulhos, a segunda maior cidade do estado de SP.


Bosque Maia de Guarulhos
Maior parque urbano de Guarulhos, conta com mais de 3 quilômetros de pista para cooper e caminhada, trilhas na mata, quadras de esporte, campo de areia e praça de eventos. O espaço possui ainda um Centro de Educação Ambiental (CEA), onde são realizados exposições de arte, encontros de meio ambiente e tardes musicais.
O parque foi fundado em 1972, no espaço de uma granja pertencente à família do médico paulistano Renato de Andrade Maia.

Horário: Diariamente, das 6h às 22h
Endereço: Av. Paulo Faccini, s/nº – Maia
Telefone: (11) 2475-9861



Centro Municipal de Educação Adamastor
Um ótimo polo cultural, com boa biblioteca, teatro magnífico com excelente acústica e 700 lugares (ocorrem apresentações de peças teatrais, danças, corais, concertos de música clássica, orquestras etc.) e um espaço cultural que sempre tem atividades bacanas.

Horário: Terça à sexta das 10h às 20h e Sábado das 10h às 14h
Endereço: Av. Monteiro Lobato, 734 – Macedo
Telefone: (11) 2087-4160



Horto Florestal
É o local de onde são extraídas as centenas de mudas de árvores e flores que embelezam Guarulhos. No local também funciona uma mini-usina de compostagem (fabricação de adubo a partir de lixo orgânico), além de mais um Centro de Educação Ambiental. Monitores da Secretaria do Meio Ambiente acompanham as visitas que devem ser pré-agendadas.

Horário: Das 8h às 17h (somente visitas monitoradas)
Endereço: Estr. do Morro Grande, s/nº – Água Azul
Telefone: (11) 2441-4696



Shopping Internacional de Guarulhos
Com mais de 300 lojas, o shopping também abriga o Cinemark com 15 salas de cinema, boliche e possui o maior parque indoor do Brasil. Atualmente o shopping está passando por uma revitalização de sua praça de alimentação que contará com 15 novas lojas.
Foi inaugurado no dia 12 de novembro de 1998.

Horário: Segunda à sábado das 10h às 22 e Domingo das 14h às 20h
Endereço: Rod. Pres. Dutra, km 230, saída 225 – Itapegica
Telefone: (11) 2414-5000



Lago dos Patos
Um dos mais tradicionais pontos de lazer da cidade oferece pedalinhos, parque infantil, mesas e bancos, além de um centro de exposições de arte, equipamentos de ginástica, pista para cooper e caminhada e um posto da Guarda Civil Municipal. O local conta ainda com quiosques de lanches e feira de artesanato.

Endereço: Av. Francisco Conde, 723 – Vila Rosália
Telefone: (11) 2485-5753







Follow Me:

[Música #4] Bate Lata — Banda Beijo

domingo, 16 de março de 2014


Estranhamente e sem o menor motivo, essa música veio à minha cabeça do nada hoje, me fazendo lembrar do quanto eu cantei e dancei essa música quando era criança, me fazendo ficar nostálgica. Claro que eu corri pra baixar a música e agora passei o dia inteiro cantando animada enquanto tento aprender a letra que é muito rápida.
Quando eu era criança, eu e as primas da minha idade víamos nossas primas mais velhas dançando axé, achávamos tão legal e tentávamos copiar, dançando junto e nos divertindo muito.
Até hoje é assim nas festas em família. Alguém coloca algum axé antigo e a pista de dança enche de pessoas pra dançar, inclusive eu.
Esses axés antigos são ótimos pra dançar, tem todo uns passos para se dançar igual e se divertir. Quem nunca dançou “É O Tchan!”? haha


Essa música que caracterizou esse meu domingo se chama Bate Lata e é da Banda Beijo que ajudou a transformar as músicas de axé num fenômeno nacional na década de 90. Uma das vocalistas que a banda teve foi a cantora Gil (conhecida também como Gilmelândia).
A música foi lançada em 1998, tem duração de 3:25 minutos e pertence ao álbum Apaixonada.

Quer aprender
Pegue a latinha
E bate uma na outra
Tcha tcha, tcha tcha
Segure o reage
Não sossegue
Se entregue a essa viagem louca




Follow Me:

[Literatura] Amante Desperto — J.R. Ward

sábado, 15 de março de 2014
Série: Irmandade da Adaga Negra #3

Título original: Lover Awakened
Autor: J.R. Ward
Editora: Universo dos Livros
Gênero: Romance/Hot/Sobrenatural
Ano: 2010
Páginas: 464
ISBN: 9788579301179
Lido em: Janeiro de 2014
Nota:
Sinopse: Nas sombras da noite em Caldwell, Nova York, desenrola-se uma sórdida e cruel guerra entre vampiros e seus carrascos. Há uma irmandade secreta, sem igual, formada por seis vampiros defensores de sua raça. Dentre eles, Zsadist é o membro mais assustador da Irmandade da Adaga Negra. Tendo sido por muito tempo um escravo de sangue, Zsadist ainda carrega as cicatrizes de um passado repleto de sofrimento e humilhação. Conhecido por uma fúria que não acaba e por atos sinistros, ele é um selvagem, temido igualmente por humanos e vampiros. A raiva é sua única companheira e o terror, sua única paixão... Até que resgata uma bela vampira das garras da maligna Sociedade Redutora. Bella sente-se imediatamente enfeitiçada pela ardente força que emana de Zsadist. Entretanto, mesmo quando o desejo de ambos começa a consumi-los, a sede de vingança de Zsadist contra os torturadores de Bella o leva à beira da loucura. Agora, Bella deve ajudar seu amante a superar as feridas de seu atormentado passado e vislumbrar um futuro ao lado dela...

AVISO: Há spoilers dos livros anteriores.

O terceiro livro da série, Amante Desperto, vai contar a história de Zsadist e Bella, muito embora também temos uma grande participação de Phury, o irmão gêmeo de Z.

O livro já começa quase no ponto onde terminou o anterior. Bella foi sequestrada pelo Senhor O, e a irmandade está a sua procura, mas se sentindo frustrados por não terem a menor pista de onde ela se encontra.
Mas ninguém está mais frustrado e ansioso do que Zsadist, que quase não se alimenta e não dorme, enlouquecido por Bella ainda estar desaparecida.

O Senhor O está completamente apaixonado por Bella, uma vez que ela é muito parecida fisicamente com sua antiga esposa que morreu, Jennifer. Ele a prendeu numa cabana e toma todo o cuidado para que ela não fuja e que ninguém a encontre.
Mas Bella consegue mandar alguém para conseguir ajuda, e esse alguém avisa a irmandade que imediatamente vai até a cabana assim que anoitece.

Zsadist fica louco quando finalmente encontra Bella e vê que foi maltratada. Ele jura vingança contra o seu agressor, mas antes precisa cuidar dela.
Ele a leva para o seu quarto na mansão. E embora Bella ainda esteja assustada e o não reconheça de início, logo ela se apega de tal jeito a ele que o deixa muito desconfortável com toda aquela situação.
Ela não só não quer sair de seu quarto, como também determina que não vai dormir na cama se ele não dormir também, e como ele está preocupado com a situação frágil dela, ele aceita, muito a contragosto, pois estava decidido a dormir no chão.

Zsadist passa muito tempo lutando contra seus demônios interiores. Ele não entende como uma pessoa como Bella possa gostar tanto de alguém como ele que tem um passado traumático, é o mais perigoso de todos e tem diversas cicatrizes e tatuagens revestindo o seu corpo.
No livro ele tem alguns flashes do tempo em que ele foi escravo sexual para uma vampira chamada Mistress que durante um século abusou dele.

Bella tem muito trabalho para convencer Zsadist que ela realmente só quer saber dele, e não de seu irmão Phury, como ele vive dizendo que é alguém que ela deveria gostar.
Ela tem um irmão mais velho chamado Rehvenge que é altamente protetor para com ela e sua mãe. A família é da aristocracia e muito rica, embora Bella não se sinta exatamente pertencente a esse mundo de glamour.

Phury se sente atraído por Bella depois que ela foi tão gentil com ele, mas sabe que é de seu irmão que ela realmente gosta.
Na história ele tenta negar o tempo todo a insistência de Zsadist que ele deveria investir em Bella, embora seja uma grande tentação.
Ele também relembra do passado, quando ele salvou Z, o que nos é uma informação a mais do passado dos irmãos.
Phury é viciado na fumaça vermelha, um charuto que o acalma e o distrai. Ele consegue isso com o dono de uma boate que ele e os irmãos frequentam sempre chamada ZeroSum, que é ninguém menos que o irmão de Bella, Rehvenge.

Temos também na história John Matthew que está morando na casa de Tohrment e Wellsie. Os dois acabam sendo muito amáveis e preocupados com ele, fazendo com que John se sinta muito feliz por finalmente ter uma casa e “pais”.
Ele também inicia seus estudos para se tornar um guerreiro junto com outros jovens da sua idade, mas se sente frustrado por ter o corpo fraco por ainda ser um humano.

Butch O'Neal continua frustrado por Marissa ter se afastado e não querer recebe-lo, e a situação ainda piora quando ele a vê de relance entrando no carro de um desconhecido.
O que ele não sabe é que o desconhecido é Rehvenge, e Marissa só combinou de se encontrar com ele porque ela precisava muito se alimentar de algum macho.

O Senhor O consegue convencer o Ômega a se tornar o novo Redutor Principal, substituindo então o Senhor X, mas ele não liga nem um pouco para essa guerra contra os vampiros. Ele está mais interessado mesmo em recuperar Bella, sua mulher que foi roubada dele e começa a armar um plano.
Há uma grande troca de chefe dos redutores nesse livro.


Será possível que esses livros dessa série estão cada vez melhores? Perdi o fôlego ao longo da leitura, e a coisa começou a ficar ainda mais intensa conforme se aproximava do final.
Adorei cada página, essa série está demais. Esse livro então foi o melhor de todos!

Muitos personagens que foram introduzidos no livro anterior ganharam um maior destaque nesse terceiro livro, e pudemos conhecer melhor um pouco deles.
E tenho certeza que esses personagens vão ganhar um destaque ainda maior nos próximos livros, chegando a ter suas próprias histórias narradas como é o caso de cada membro da irmandade.

Já estou mais do que ansiosa pelos próximos livros. Essa série está a todo vapor!


A Série:

Black Dagger Brotherhood
1. Dark Lover (2005) – Amante Sombrio
2. Lover Eternal (2006) – Amante Eterno
3. Lover Awakened (2006) – Amante Desperto
4. Lover Revealed (2007) – Amante Revelado
5. Lover Unbound (2007) – Amante Liberto
6. Lover Enshrined (2008) – Amante Consagrado
7. Lover Avenged (2009) – Amante Vingado
8. Lover Mine (2010) – Amante Meu
9. Lover Unleashed (2011) – Amante Libertada
10. Lover Reborn (2012) – Amante Renascido
11. Lover At Last (2013) – Amante Finalmente
12. The King (2014)
Bônus: The Black Dagger Brotherhood: An Insider's Guide (2008) – Irmandade da Adaga Negra: Guia Oficial da Série


Follow Me:

[Blogagem Coletiva] Uma carta para meu eu de 10 anos atrás

terça-feira, 11 de março de 2014
Este post faz parte da blogagem coletiva do Rotaroots, um grupo de blogueiros saudosistas que resgata a velha e verdadeira paixão por manter seus diários virtuais. Para ler todas as blogagens coletivas do Rotaroots, clique aqui. Quer participar? Então faça parte do nosso grupo no Facebook e inscreva-se no Rotation.

Oi pessoal! o/

Entrei para um grupo muito legal de blogueiros chamado Rotaroots (acho que todo mundo já deve ter ouvido falar, exceto eu que só fui conhecer recentemente).
O objetivo do grupo é resgatar os diários virtuais antigos que definiam o que era ser blogueiro, incentivando assim a escrita livre, além de voltar com aquela velha motivação de compartilhar situações e fatos cotidianos como nos velhos tempos.
Todo mês o grupo sugere dois temas de blogagem coletiva.

Um dos temas desse mês é o Uma carta para meu eu de 10 anos atrás. Foi sugestão da Paloma, inspirada pela TAG no blog Hypeness.
A ideia é eu “de hoje” escrever uma carta para mim mesma de 10 anos atrás com conselhos, dicas ou qualquer coisa que eu ache que eu mesma deveria saber quando era mais nova.
Como hoje tenho 23 anos, minha carta vai para mim mesma quando tinha 13 anos.



Oi Rê, tudo bem?

Eu sou você dez anos no futuro, com 23 anos.
Eu sei que você sempre imagina como será sua vida quando passar dos 20 anos e tem muito medo disso, além de não conseguir sequer se imaginar alguns meses pra frente.
Você sabe que será uma adulta com responsabilidades, e essa ideia é aterrorizante para você, pois você ainda nem se adequou a deixar a infância para trás e virar uma adolescente. E você tem medo de ser atrasada, pois já tem 13 anos e todas as suas colegas de classe já estão até namorando.

Eu queria dar uma dica pra você: Keep Calm.
Não tenha pressa para se adequar aos outros, não fique se preocupando com o futuro, não tenha medo de ficar “atrasada”.
Tudo acontece no seu ritmo, tudo tem o seu tempo, inclusive você.
Pessoas que deixam a infância cedo demais como suas colegas pra virar adolescentes que namoram não é legal como elas fazem parecer.
Só desista de brincar quando você realmente cansar disso e quiser conhecer coisas novas. Daí sim seria uma boa conhecer tudo o que a adolescência tem para oferecer.

Não tente se igualar às suas colegas. Elas são elas e você é você. Não é porque elas são as “populares da sala” que todo mundo tem que ser como elas.
Cada um é único e você é especial por ser única, ter seu próprio estilo, suas próprias vontades e seus próprios gostos. É isso o que te define e te torna uma pessoa maravilhosa, mesmo que você ainda não veja isso.
Com certeza as pessoas também não vão ver o quão maravilhosa você é, afinal elas só pensam nelas mesmas e costumam criticar todo mundo que não são parecidas com elas.
Nessas horas, é extremamente importante você não se deixar abater. A opinião dessas pessoas em relação a você não poderia interessar menos. Só o que importa é o que você pensa de você mesma e mais ninguém.

Você é uma pessoa tímida e reservada, o que contradiz bastante com o jeito despojado, palhaço e popular de suas colegas da sétima série.
Tudo bem cada um ser do seu próprio jeito, mas o problema é que essas pessoas “brincalhonas e palhaças da turma” vão fazer bullying com você, para fazer toda a sala rir e torna-las ainda mais “engraçadas”.
E você, como uma pessoa tímida, não vai conseguir se defender.
O pior é que você nem deve conhecer direito esse termo “bullying”, não é? Eu sei que na sua época a escola ainda não começou a tratar desse assunto com os alunos, por isso você nem deve saber que está sofrendo isso, só o que você sabe é que essas colegas estão te humilhando.

Na sala toda, você só tem três amigas que gostam de você, mas não é como se vocês fossem as melhores amigas do mundo que sempre se apoiam. Ainda não é assim.
Elas gostam de você, mas não percebem que você está sendo humilhada, e por isso não fazem nada para te ajudar.
Você não consegue contar para ninguém, nem para professores e nem para seus pais, pois tem medo que eles façam um escândalo para resolver essa situação, que falem para toda a sala da sua situação, de modo que a humilhação se torne ainda pior nos bastidores, pelas costas dos adultos.
Medo que as pessoas fiquem cochichando sobre você e que você se torne a pessoa mais esquisita da escola. Ser o centro das atenções é o seu maior pesadelo.

Tudo isso vai durar dois anos, durante seus 13 e 14 anos, na sétima e oitava série. E esse tempo todo você vai sofrer calada.

Eu estou aqui para te avisar que mesmo dez anos depois, você ainda vai lembrar disso tudo e ainda não vai ter superado completamente.
Claro que você vai ganhar mais confiança para enfrentar as pessoas nos próximos anos e não vai mais sofrer esse tipo de coisa, mas o problema é que você não esquece tudo o que você passou e nem as pessoas, por mais que elas peçam desculpas (isso não acontece).
Uma característica sua é guardar rancor para sempre e infelizmente isso nunca muda, é isso o que te motiva a seguir em frente, embora você não tenha instintos vingativos.

Eu só queria dizer que essa fase vai passar, pessoas maravilhosas vão entrar na sua vida, amigos verdadeiros que vão te apoiar para todo o sempre. Então aguente firme.

Com 13 anos você se sente o “patinho feio”. É super magrela, frágil, não é CDF e principalmente odeia seu cabelo que é castanho escuro (uma cor que não combina com você) e muitíssimo cacheado (levando em conta ainda que você nunca soube e nem teve paciência para cuidar de um cabelo assim).
Por se achar “feia”, achava que esse também era um dos motivos para ser zoada pelas colegas. Embora elas nunca tenham te falado abertamente do seu cabelo, você tem certeza que elas cochicham sobre isso.

Se você não está satisfeita com a sua aparência, peça para sua mãe te ajudar. Você ainda não sabe cuidar do seu próprio cabelo, então até que você tenha permissão para tingir de loiro e começar a fazer escova progressiva aos 16 anos, peça para ela te ajudar.
Comprar produtos bons que vão deixar seu cabelo menos armado, peça para ela pentear e te ajudar a arrumar algum penteado que segure seu cabelo, já que você abomina deixa-lo solto, talvez uma trança ou um rabo de cavalo.
Coloque na cabeça que sua mãe sempre vai te ajudar, independente de qualquer coisa. Então perca o medo de pedir ajuda a ela.

Quanto a ser magra. Minha querida, você nasceu magra, cresceu sendo magra, com 23 anos será magra e pode ter certeza que o resto da sua vida você será magra.
Tem uma coisa que eu só fui aprender muitos anos depois. Essa é uma dica valiosíssima que você vai querer saber:
Mulheres gostosas não estão com nada. Elas passam por um esforço absurdo para não engordarem, ficam se privando de comer o que elas quiserem e passam vontades.
Já você, como uma pessoa magra que nunca engorda, pode comer o que você bem quiser, o quanto quiser e a hora que quiser. Tenha certeza que as pessoas te invejam por causa disso. Sua cintura continuará sempre fina e muito linda.
Se alguém te falar que você é muito magra, sorria e agradeça, afinal isso é uma coisa boa. Mas se te explicarem que estavam te criticando, tenha certeza que é puro recalque.
Logo você aprenderá que é preferível ser magra do que “gostosa” e se sentirá bem com seu próprio corpo.

Eu entendo que as matérias escolares não são fáceis e que você sempre ficou de exame e recuperação. Você se sente frustrada porque tem vezes que você realmente se esforça para aprender, mas mesmo assim nunca é o suficiente, nunca tira 9 ou 10.
Primeiro, fique tranquila porque os professores prestam atenção e sabem que você se esforça, por isso você nunca irá repetir de ano.
Segundo, seu rendimento escolar irá melhorar, pouco a pouco, com o passar dos anos. Suas notas vão melhorar um pouco no colegial, e mais ainda na faculdade.
É como uma amiga sempre diz: notas não definem ninguém!

Eu sei que você é uma pessoa que quase não tem amigos e vive sozinha. Lembra quando você era criança e sofria por não ter ninguém? Você achava que a escola inteira te olhava e ficava falando “que menina esquisita, ali, sozinha”, e por isso você preferia andar com meninas falsas do que ficar sozinha.
Mas agora com 13 anos isso mudou. Você já se sente um pouco melhor em ficar sozinha, afinal ninguém te compreende como você mesma. Embora você ainda ache que as pessoas estão comentando sobre você.
A verdade é que tem gente que não tem mais o que fazer e fica sim de fofoca sobre pessoas sozinhas, mas outras nem ligam e nem reparam na sua solidão como você acha.
Já tiveram pessoas que chegaram em você e perguntaram porque você vive sozinha (é, eu concordo que essas pessoas são sem noção), e pra não dizer que você não tem amigos, você diz que gosta de ficar sozinha mesmo.
Ter amigos é maravilhoso, mas quando você não tem ninguém que possa te compreender, saiba que VOCÊ MESMA é uma ótima amiga para si, a melhor que você vai arranjar, e que não tem nada de errado em ficar em companhia de você mesma.
Não é coisa de doido como as pessoas dizem. Elas só falam isso porque não compreendem, porque não gostam de ficar sozinhas. Mas você gosta e use isso a seu favor para se sentir melhor.


Enfim, para concluir, eu sei que os seus 13 anos não é uma época fácil. Talvez essa tenha sido a pior época de todos os meus 23 anos de vida.
É justamente por causa disso que você, o meu eu de 13 anos, precisava muito ler essa carta.
Por isso, aguente firme que sua vida vai melhorar aos poucos com o passar dos anos, e não piorar.

Não vim aqui dizer que você está exagerando em fazer tanto drama em silencio sem que as pessoas saibam, em chorar tanto de noite e não querer mais viver.
Fases difíceis na escola todo mundo passa.
O que você pode fazer para tornar isso menos pior é se valorizar mais, não ligar para as críticas dos outros e contar sempre com a sua mãe, ela sempre vai te ajudar, não importa o que aconteça.

P.S.: Você acha que suas colegas são infantis por ficar de mimimi, de briguinhas com outras meninas e de fofocas, não é? E ainda mal pode esperar para se tornar adulta para se livrar dessa infantilidade, certo?
Sinto muito, mas eu cresci e descobri que esse tipo de infantilidade existe em toda parte e em todas as idades.
Colegas na faculdade (ou seja, adultas) e até mesmo colegas respeitados em grandes empresas onde já trabalhei, TODOS ficam fazendo fofocas. Tem coisa mais escrota e ridícula?
Ao menos Rê, você vai aprender a não ligar a mínima para isso, não vai se deixar abater e muito menos vai ficar de fofocas sobre outras pessoas também, pois acha muito infantil.
Você tem um coração muito bom e sempre vê o lado bom das pessoas, tenta fazer amizade com todo mundo e não gosta nem um pouco de ouvir coisas negativas.
Se descobre que estão falando mal de você, só vai conseguir sentir pena dessas pessoas com mentalidade de adolescentes e não vai se deixar abater. ISSO é maturidade.


Um grande beijo do seu eu de 23 anos,
Renata.


Nossa, como eu amei fazer essa carta. Já no primeiríssimo post que eu participo desse grupo me entreguei totalmente e caí de cabeça nisso.
Lembrei de tudo o que eu passei, senti e pensei quando eu tinha 13 anos, e na carta escrevi tudo o que eu achava que deveria saber quando tinha essa idade.
Queria muito ter recebido essa carta na época.

Nostalgia total agora, mas não que eu sinta saudades, afinal como eu contei na carta, não foi uma época fácil e estou bem melhor agora.
Os anos só fizeram maravilhas para mim e continuam fazendo.
Eu fui muito feliz quando era criança. Infelizmente foi pior dos 11 aos 14, mas a partir dos 15 minha vida começou a melhorar pouco a pouco.
Por isso, mais do que qualquer outra fase da vida, o meu eu de 13 anos precisava muito receber essa carta, ouvir esses conselhos e saber que tudo vai ficar bem, apesar de todos os pesares.

Talvez eu tenha me empolgado um pouco ao escrever a carta, pois foram tantas coisas que me vieram à mente que eu queria contar, que a carta acabou ficando grandinha.

Bom, adorei essa atividade de desenvolver a escrita livre, sem julgamentos, e mal posso esperar pelas próximas. <3


Follow Me:

Wishlist de Março (2014)

segunda-feira, 10 de março de 2014


A lista dessa vez não vai seguir nada específico. São apenas coisas aleatórias que eu vi e fiquei querendo muito, algumas eu preciso muito. Tem coisas que eu vi recentemente por aí e gostei, já outras eu venho desejando há muito tempo.



1. Papel de Parede Clássico Vintage Retrô 19Papel e Parede
Estou querendo decorar meu quarto, e ideias é o que não me faltam quando penso em tudo que quero fazer para tornar meu ambiente favorito mais a minha cara. Pensei em começar com algo grande, ou seja, o papel de parede. Como meu quarto é pequeno, eu queria um papel que fosse claro para não tornar o ambiente fechado, então optei por esse que eu achei muito lindo e simples, do jeitinho que eu queria.

2. Escova Secadora Mondial Multifuncional Modellare VivoltWalmart
Nunca tive muita paciência para ficar cuidando de cabelo, mas faço o que posso. E uma coisa que seria muito prática na minha vida seria essa escova secadora que secaria meu cabelo depois do banho, ao mesmo tempo em que pentearia. Seria perfeito!

3. Cama Lodge Solteiro Dobrável 78Tok&Stok
É, não tenho cama no meu quarto, eu durmo num colchão no chão. Meus pais reformaram a casa e acabaram diminuindo meu quarto mais ainda e a cama que tinha antes já não cabia mais. Por se tratar de um ambiente pequeno, uma cama assim que fecha seria a perfeição para o meu quarto. É um dos meus maiores desejos atualmente.

4. iMacSubmarino
Acho tão lindo e tão potente, também sonho muito com ele. E guardem minhas palavras: ainda vou ter um, nem que demore muitos anos (o que é provável).

5. Câmera Reflex Canon Eos T3IFnac
Desde que comecei com o blog eu me tornei fã de fotografia, até então não conhecia muito dessa arte tão linda. E agora que comecei a ter aulas de fotografia na faculdade, sonho em aprender a tirar fotos maravilhosas com uma câmera dessas e me sentir orgulhosa ao dizer que essas fotos foram feitas por mim.

6. Sueter London Detalhes FloraisAzza Boutique
Gente, olha que coisa mais fofa esse suéter, os detalhes florais e o lugar para onde eu desejo com todas as minhas forças visitar (Londres). *-* É simplesmente perfeito para passar um dia frio em casa, lendo livros com uma grande caneca de chococcino.

7. Pôster O Estranho Mundo de TimChico Rei
Sou muito fã do Tim Burton, acho os filmes dele demais, então acabei pirando quando vi esse pôster e desejando ardentemente ter na parede do meu quarto.

8. Sapatilha Bailarina Lisa Couro PretoTutu Sapatilhas
Eu não costumava usar muito sapatilhas, pois fiquei com trauma desde a última que eu tive que acabava com meu calcanhar. Mas recentemente comecei a admirar o quanto elas são lindas e práticas, e fiquei com vontade de dar mais uma chance. Eu queria começar com uma preta que é uma cor básica, e se gostasse, iria apostar em outras que fossem coloridas.

9. CT AS Fancy HIConverse All Star
Desde sempre sou apaixonada por All Star, e pra mim nunca é demais. Acho lindo esse modelo básico de cano médio e fiquei querendo muito.

10. Bolsa de FranjasBela Luna
Minha mãe que já não aguenta mais me ouvir falar do tanto que eu queria essa bolsa preta de franjas. Acho tão estilosa, tão pratica e tão linda. Já estou desejando ela há muitos meses.

11. O Menino do Pijama ListradoSaraiva
Li o livro e assisti ao filme, e adorei. Sou fascinada por essas histórias e relatos das guerras mundiais, me ajuda a compreender melhor pelo o que o nosso mundo passou, apesar de ter sido épocas tristes. O livro que eu li era emprestado, mas eu gostei tanto da história que eu queria ter o meu próprio.

12. Blusa HogwartsNerd Universe
Olha só que perfeição essa blusa de Harry Potter. É uma vergonha que eu, como uma fanática por essa série, não tenha tantas coisas assim (mesmo que isso não me torne menos fã). Mas fiquei babando por essa blusa. *-*


Follow Me:

[Aviso #5] Nova URL agora definitiva

sexta-feira, 7 de março de 2014


Eu sei que vocês já devem estar cansados de tanto que eu mudo a URL desse blog, mas eu prometo que dessa vez eu vou sossegar. Juro!
Ele começou como Resenhando Books (03/05/2013), depois virou Borrifo de Cores (01/01/2014), mas agora será para sempre Cenas do meu livro de memórias (07/03/2014).

Há muito tempo mesmo que eu queria comprar um domínio e ter um nome que eu realmente gostasse.
Tive um pouco de dificuldade em convencer os meus pais a comprar um domínio para mim, e depois disso ainda precisei assistir umas vídeo-aulas no youtube pra aprender a colocar no blog, mas hoje finalmente consegui!
Estou muito feliz. ^^

O nome Cenas do meu livro de memórias eu costumava usar para títulos de álbuns de fotos no Orkut e no Facebook. Eu achava que o nome condizia perfeitamente, pois aquelas fotos contavam um pouco da minha vida, do meu passado e presente.

Agora sim estou 100% satisfeita com meu blog e sentindo que ele veio para ficar, trazendo muitas postagens legais que o farão crescer cada vez mais com o passar dos anos.
Quem sabe agora, com o tempo, eu não compre um layout exclusivo, não é? Mas vamos com uma coisa de cada vez. ;D

Enjoy It!


Follow Me:

[Música #3] Timber — Pitbull ft. Ke$ha

quinta-feira, 6 de março de 2014


Sou dessas que ouve uma música pela primeira vez e na maioria dos casos não gosto e não ouço mais. Muitos meses ou anos depois eu acabo ouvindo essa mesma música de novo por acaso porque tocou no rádio ou sei lá onde mais, e acabo me apaixonando a ponto de baixar na mesma hora e ficar ouvindo repetidas vezes.
Foi o caso dessa música. Descobri ontem mesmo pela internet e já virou a minha queridinha do momento.
É muito divertida e dançante, não dá pra ficar parado.


Timber é uma canção do rapper Pitbull para seu álbum Meldown (2013) e conta com a participação especial da cantora Ke$ha. Foi lançado no dia 7 de outubro de 2013 e tem duração de 3:24 minutos. Foi gravada pela RCA Records.

It’s going down, I’m yelling timber
(Está caindo, estou gritando “madeira”)
You going move, you better dance
(É melhor você se mexer, é melhor você dançar)
Let’s make a night, you won’t remember
(Vamos fazer uma noite que você não vai se lembrar)
I’ll be the one, you won’t forget
(Eu serei a única que você não vai esquecer)





Follow Me:

[Curta Metragem #3] Out of Sight

segunda-feira, 3 de março de 2014


Out of Sight (fora de vista) é um curta-metragem chinês dirigido por Ya-ting Yu. Foi lançado em 2010. Tem duração de 5:27 minutos.
Sinopse: Esta animação mostra como uma menininha acaba saindo de um caminho conhecido quando seu cãozinho foge e começa uma aventura mágica. Com um visual doce, a história se desenrola imersa na fantasia da protagonista que vai nos mostrando seu mundo.

A animação chinesa mostra uma menininha cega que está passeando na rua com seu cão-guia Gogo quando sua bolsa é roubada.
O cão corre atrás do ladrão, deixando para trás a menina que se vê sozinha, precisando usar seus sentidos para saber onde está e como se locomover.
É a partir daí que entramos em seu mundo particular, nos mostrando de uma maneira sensível e muito bonita a sua descoberta do mundo que vai se materializando na sua frente enquanto tenta achar seu cão.

A animação é uma produção de conclusão de curso de Ya-ting Yu, com participação de Yeh-hsuan e Chung Lingna, colegas da National Taiwan University of Arts.

Dificilmente encontro algum curta de que não gosto. A grande maioria são tão lindos, tão poéticos, sensíveis. E esse não foi diferente.
Sou uma grande apreciadora das coisas mais simples da vida, e consegui me encantar facilmente com esse.
Vale muito a pena dar uma conferida!





Follow Me:

[Lançamentos] Março de 2014

sábado, 1 de março de 2014


Arqueiro
   

Benvirá
   

Casa da Palavra
(LeYa, Leytoras, Lua de Papel, Quinta Essência, Fantasy)
   
   
   
 

DarkSide Books

Geração Editorial
(Jardim dos Livros)
   

Globo Livros
   
 

Grupo Editorial Record
(Bertrand, Galera Record, Verus)
   

Gutenberg
  

Intrínseca
   
   

Novo Conceito
   
   
 

Novo Século
   

Objetiva
(Suma de Letras)
  

Pensamento
(Cultrix, Seoman, Jangada)
 

Porto
(Sextante)
   

Rocco
   
 

Única
 


Follow Me:

Theme Base por Erica Pires © 2013 | Livro de Memórias, por Renata Carvalho | Blog no ar desde 03.05.2013 | Versão 2.2 no ar desde 01.01.2014 | Topo