[Cinema] Jogos Vorazes (2012)

segunda-feira, 15 de setembro de 2014
Série: Jogos Vorazes #1

Título original: The Hunger Games
Direção: Gary Ross
Distribuição: Lionsgate
Estreia: 23 de março de 2012
Duração: 142 minutos
Classificação: 14 – Não recomendado para menores de 14 anos
Gênero: Ação, Aventura, Distopia, Ficção, Romance
País de origem: EUA
Elenco: Jennifer Lawrence, Josh Hutcherson, Woody Harrelson, Elizabeth Banks, Liam Hemsworth, Lenny Kravitz, Stanley Tucci, Donald Sutherland
Nota:  
Sinopse: Num futuro distante, boa parte da população é controlada por um regime totalitário, que relembra esse domínio realizando um evento anual – e mortal – entre os 12 distritos sob sua tutela. Para salvar sua irmã caçula, a jovem Katniss Everdeen (Jennifer Lawrence) se oferece como voluntária para representar seu distrito na competição e acaba contando com a companhia de Peeta Melark (John Hutcherson), desafiando não só o sistema dominante, mas também a força dos outros oponentes.

O filme Jogos Vorazes é baseado no livro de mesmo nome, escrito pela Suzanne Collins, o primeiro de uma trilogia. Fiz a resenha do livro que você pode conferir AQUI.

A história se passa numa nação futurística chamada Panem (antigo Estados Unidos), que é formada por 12 distritos que são governados por uma cidade central e poderosa, a Capital.  Tudo começa quando Katniss Everden (Jennifer Lawrence) se oferece para tomar o lugar de sua irmã mais nova, Prim (Willow Shields), que havia sido sorteada para participar dos Jogos Vorazes, uma competição obrigatória e mortal que seleciona um garoto e uma garota de cada um dos doze distritos para lutarem numa perigosa arena até que reste apenas um único vencedor. Já o garoto sorteado do distrito 12 é Peeta Mellark (Josh Hutcherson), um colega da escola de Katniss com quem nunca conversou, conhece apenas de vista.


Juntos, eles são levados para a Capital. Lá, eles conhecem o homem que irá orientá-los e dar dicas de como sobreviver na arena, Haymitch Abernathy (Woody Harrelson). Se encontram também com Effie Trinket (Elizabeth Banks), a moça que indica todos os lugares e a hora em que devem estar. O estilista Cinna (Lenny Kravitz) também acaba se mostrando muito importante com seus figurinos arrasadores que conquista a multidão, mas o mais precioso para Katniss é que ele parece sempre ter uma palavra de consolo para acalmá-la e ajuda-la a lidar com tudo o que está acontecendo.

Katniss começa a treinar junto com os outros tributos sorteados que se mostram extremamente letais e ansiosos para entrar na arena. Faz aparições públicas e se obriga a sorrir a fim de conquistar patrocinadores dispostos a ajuda-la na arena, o que pode fazer a diferença entre a vida e a morte. Participa de entrevistas onde acaba conhecendo Caeser Flickerman (Stanley Tucci), o entrevistador mais conhecido e popular de toda Panem.


É em uma dessas entrevistas que Peeta faz uma revelação inesperada para o público, deixando Katniss abalada e se sentindo na obrigação de sustentar a mentira dele, a fim de agradarem as pessoas, mesmo que ela própria não esteja nem um pouco feliz com tudo isso.

Finalmente na arena, mesmo sabendo manejar um arco e flecha como ninguém e sabendo um pouco como sobreviver na natureza, Katniss está assustada. Precisa fugir e se esconder para se salvar já que todos os outros tributos estão a sua procura, mas o que mais a surpreende é que Peeta faz parte dessas pessoas, parecendo tão sedento pelo sangue dela quanto qualquer outro ali.



Assisti a esse filme pela primeira vez no cinema quando minha prima me chamou para ir junto com ela. Até então eu não tinha acompanhado absolutamente nada do lançamento de fotos oficiais, trailer e pôster. Não conhecia nada, não sabia o que esperar, então fui só para conhecer mesmo, despretensiosamente.

Claro que eu não esperava que fosse gostar tanto, acabei me surpreendendo muito. Fiquei bastante feliz em finalmente conhecer uma adolescente protagonista que não pensasse apenas no seu “amor verdadeiro” e passasse a história inteira suspirando por isso. Katniss tem atitude, é durona, é centrada no que tem que fazer, e ela não tinha planos para o romance na sua vida, na verdade ela nem pretendia se casar ou ter filhos. Quando foi obrigada a encenar uma paixão por Peeta, ela não ficou nada feliz, ela nunca foi muito dada a romances.

Portanto, fiquei satisfeita por criarem uma história em que mostravam uma protagonista mulher que não vivia pelo seu amor, como costuma acontecer na grande maioria das histórias cujas personagens principais são femininas.

Mas voltando ao filme. Só depois de assistir que descobri que ele foi baseado em um livro, descobri então a trilogia e resolvi começar a ler. No total, devo ter lido os três livros em uma semana, eu simplesmente devorei a história, de tão boa que eu achei.

Gostei bastante do fato do filme complementar o livro. Vou explicar: O livro é narrado em primeira pessoa pela Katniss, portanto lá nós só conhecemos toda a história e tudo o que está acontecendo pelo seu ponto de vista. Já o filme se passa em terceira pessoa, ou seja, mostrando acontecimentos novos que explicam eventos que aconteceram no livro e que ficou sem explicação porque a Katniss não estava presente e não viu o que aconteceu. Por exemplo, as pessoas controlando toda a arena de fora e também as conversas do presidente Snow com o idealizador dos jogos sobre a Katniss e todo o sistema que governa Panem. São informações a mais muito legais de conhecer. Informações estas que, se estivem no livro, a gente teria entendido muito mais a história.

Enfim, gostei demais do filme, achei que ele foi bastante fiel ao livro na medida do possível, e ainda nos presenteou com essas cenas extras fabulosas que definitivamente não foram “encheção de linguiça”, estavam lá porque eram necessárias.

Já se tornou um dos meus filmes favoritos. Na verdade, uma das minhas séries favoritas!




A Série:

The Hunger Games
1. The Hunger Games (2012) – Jogos Vorazes
2. The Hunger Games: Catching Fire (2013) – Jogos Vorazes: Em Chamas
3. The Hunger Games: Mockingjay – Part 1 (2014) – Jogos Vorazes: A Esperança – Parte 1
3. The Hunger Games: Mockingjay – Part 2 (2015) – Jogos Vorazes: A Esperança – Parte 2


Follow Me:

2 comentários:

  1. Oi, Rê!
    Eu vi esse filme há apenas alguns dias, depois de terminar a trilogia. Eu estava me coçando pra saber como a história, sendo tão complexa, seria adaptada para as telonas. E eu gostei muito. Achei o mesmo que você em relação às cenas "extras", acho que foi necessário para as pessoas entenderem a história.
    Sobre a protagonista, acho que nem preciso comentar. Foi justamente o fato de não ser tão focado em romance e or ter uma protagonista forte e determinada que me fizeram gostar tanto da história. Fazia tempo que eu queria ler um livro com uma mulher forte desse jeito.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que essa história foi um diferencial e tanto de outras que a gente está tão acostumada. A gente não encontra facilmente por aí protagonistas fortes, romance em segundo plano e sendo a história tão boa assim.
      Essas cenas extras foram escritas pela própria Suzanne Collins que trabalhou junto no roteiro, não é a toa que o filme ficou tão bom :D

      Beijos!

      Excluir

Muito obrigada pela visita!
Se deixar seu blog/site junto com seu comentário, terei o maior prazer em retribuir a visita. ^^

Theme Base por Erica Pires © 2013 | Livro de Memórias, por Renata Carvalho | Blog no ar desde 03.05.2013 | Versão 2.2 no ar desde 01.01.2014 | Topo