[Blogagem Coletiva] Brasilidades não clichês que eu gostaria de apresentar para os gringos (ou ‪#‎vaitercopasim‬)‬‬

quinta-feira, 12 de junho de 2014
Este post faz parte da blogagem coletiva do Rotaroots, um grupo de blogueiros saudosistas que resgata a velha e verdadeira paixão por manter seus diários virtuais. Para ler todas as blogagens coletivas do Rotaroots, clique aqui. Quer participar? Então faça parte do nosso grupo no Facebook e inscreva-se no Rotation.

Mês da Copa das Copas (ou não) aqui no Brasil, nosso país em voga e um monte de gringo vindo pra cá. Chegou a hora da gente mostrar nossa cara, do que a baiana gosta e mostrar que o Brasil é mto mais do que samba, feijoada e caipirinha. Eleja comidas, lugares, culturas, coisas para fazer no Brasil além do chichezão.


Nunca dei a menor importância para a copa antes dos meus 11 anos de idade, nunca foi uma data importante para mim porque eu não entendia muito bem do que se tratava, por isso eu não tenho muitas lembranças da copa quando eu era criança.

Mas em 2002, quando eu estava na 5ª série e era época de copa, minha diretora mandou colocar uma televisão no anfiteatro e reuniu a escola toda lá (alunos, professores e funcionários) para assistir. Eu me lembro de não ter ligado muito para o jogo em si (não sou fã de futebol), mas eu estava gostando do fato de não termos tido aula e também de quando todo mundo pulava e comemorava sempre que o Brasil fazia um gol. Foi a partir daí que eu comecei a entender e a acompanhar de verdade a Copa do Mundo.

Sempre gostei da copa, de todo o clima festeiro que as pessoas entram, apesar de todos os pesares em que se encontra nosso país atualmente. Bom, essa é a minha experiência e opinião com relação à copa.


Mas falando da Blogagem Coletiva desse mês, achei um pouco difícil pensar em algumas coisas que eu gostaria de apresentar aos gringos do Brasil. Sou dessas que gosta muito mais de livros/filmes/séries americanos do que brasileiros, mas ainda assim reconheço totalmente que nosso país tem sim coisas maravilhosas e que eu acho que vale muito a pena serem reconhecidas e admiradas. Eu devo estar tão presa ao estereótipo samba/carnaval/futebol que fiquei um pouco em dúvida do que fazer para esse post, mas consegui lembrar de algumas coisas:

MÚSICA
Admito que samba é sim legal (apesar de não curtir muito), mas não é a única coisa que existe de música no Brasil. Há tantas outras bandas e cantores muito bons que compuseram músicas maravilhosas que merecem um grande reconhecimento. Estou falando de Legião Urbana, Titãs, Barão Vermelho, Paralamas do Sucesso, Kid Abelha, Caetano Veloso, Cazuza, Cássia Eller, Marisa Monte, Mamonas Assassinas, Chico Buarque, Gilberto Gil etc. Acho até que as músicas desses profissionais deveriam ser muito mais admiradas e cantadas por aí do que “Ai se eu te pego”, “Beijinho no ombro”, “Show das poderosas”, etc.


COMIDAS
Pão de queijo, guaraná, coxinha, churrasco, brigadeiro, pizza, pastel de feira e caldo de cana. Essas são as principais comidas que eu gostaria muito de apresentar aos gringos, tenho certeza absoluta que eles iriam amar e depois ficar relutantes de voltar para os países deles onde não tem essas coisas deliciosas, hahaha. Só de pensar nisso tudo agora já me dá água na boca!


FESTA JUNINA
Eu acho, só acho, que os gringos deveriam aproveitar que estão no Brasil agora em junho e conheceram também as festas juninas que estão acontecendo por todo o país, ao invés de apenas assistirem aos jogos da copa. Sou apaixonada por festas juninas, espero o ano inteiro para isso. As decorações são muito lindas, as comidas maravilhosas, as crianças vestidas de caipiras super fofas, as quadrilhas muito divertidas e a grande fogueira acolhedora. Como não gostar disso tudo?


PONTOS TURÍSTICOS
Eu moro em São Paulo e nunca saí desse estado, mas tenho certeza que o resto do Brasil é absurdamente lindo e que merece ser conhecido pelos gringos (mesmo que EU ainda não tenha conhecido), afinal, Brasil não é só São Paulo e Rio de Janeiro. Só de ver as fotos de vários pontos turísticos me faz desejar ardentemente conhecer esses lugares, arrisco até dizer que adoraria morar também e aproveitar ao máximo esses lugares. Devem ser tão bonitos quanto as fotos demonstram e que os gringos deveriam conhecer imediatamente.


POVO BRASILEIRO
Não estou dizendo que o povo brasileiro é perfeito, longe disso, sabemos muito bem que existem muitas pessoas por aí que são aproveitadoras, egoístas etc. Mas mesmo assim, nós conseguimos encontrar uma certa camaradagem no povo brasileiro que não se encontra em nenhum outro lugar. Pode-se fazer amizades facilmente com qualquer desconhecido. Se você está perdido, você pode parar qualquer pessoa na rua para pedir informação, e pode ter certeza que essa pessoa vai falar com você e te ajudar como se vocês se conhecessem há muitos anos. Não tem frescuras e nem julgamentos nessas horas, nós nos ajudamos. Não é como as pessoas de outros países que te olham torto só de você se aproximar delas. Gosto muito disso (afinal, eu me perco muito na rua hahaha).


Follow Me:

3 comentários:

  1. Olha, comida é a dica que mais tenho, hahahaha! Adoro apresentar comidas pra qualquer pessoa. Basta a pessoa dizer que nunca comeu algo, que já quero que ela experimente! xDDD

    Um beijo,
    Re

    ResponderExcluir
  2. Pastel e caldo de cana, cara isso é divino demais, WHO CARES pra feijoada quando existe pastel especial?! hahaha Tem tanta coisa legal em SP mesmo pra ver, geralmente eles só andam pela Paulista e pela Vila Madalena, tem o Bixiga, a Mooca, super tradicionais, o Jardim Botanico de SP, o Jardim do Museu do Ipiranga...

    ResponderExcluir
  3. Se um gringo quer realmente se jogar na cultura do país, tem que ficar hospedado num albergue, com vários outros brasileiros. O cheirinho de pão de queijo de manhã, pegar um ônibus e prestar atenção nas gírias ao redor, ouvir as músicas dos vizinhos, isso sim abrasileiraria um gringo.

    www.thesoledade.com

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita!
Se deixar seu blog/site junto com seu comentário, terei o maior prazer em retribuir a visita. ^^

Theme Base por Erica Pires © 2013 | Livro de Memórias, por Renata Carvalho | Blog no ar desde 03.05.2013 | Versão 2.2 no ar desde 01.01.2014 | Topo