[Literatura] Amante Sombrio — J.R. Ward

sexta-feira, 24 de janeiro de 2014
Série: Irmandade da Adaga Negra #1

Título original: Dark Lover
Autor: J.R. Ward
Editora: Universo dos Livros
Gênero: Romance/Hot/Sobrenatural
Ano: 2009
Páginas: 448
ISBN: 9788579300820
Lido em: Janeiro de 2014
Nota:
Sinopse: Nas sombras da noite, em Caldwell, Nova York, desenrola-se uma sórdida e cruel guerra, entre vampiros e seus carrascos. Há uma irmandade secreta, sem igual, formada por seis vampiros defensores de sua raça. Ainda assim, nenhum deles deseja a aniquilação de seus inimigos mais que Wrath, o líder da Irmandade da Adaga Negra. Wrath é o vampiro de raça mais pura dentre os que povoam a terra e possui uma dívida pendente com os assassinos de seus pais. Ao perder um de seus mais fiéis guerreiros, que deixou orfã uma jovem mestiça, ignorante de sua herança e destino, não lhe resta outra saída senão levar a bela garota para o mundo dos não mortos. Traída pela debilidade de seu corpo, Beth Randall se vê impotente em tentar resistir aos avanços desse desconhecido, incrivelmente atraente, que a visita todas as noites envolto em sombras. As histórias dele sobre a Irmandade a aterrorizam e fascinam. Seu simples toque faísca, um fogo que pode acabar consumindo a ambos.

Nesse primeiro livro da série, Amante Sombrio, somos introduzidos aos sete guerreiros vampiros que fazem parte da Irmandade da Adaga Negra e tem como missão protegerem a própria raça de vampiros que está caminhando para a extinção graças à sociedade de assassinos e caçadores de vampiros, os Redutores, que são humanos que venderam a alma em troca de exterminar os vampiros e viverem para sempre. Estão a serviço do Ômega, uma figura mítica que rivaliza contra a Virgem Escriba, outra figura mítica que rege os vampiros.

Os vampiros da irmandade são formados por Warth (é cego, o líder da irmandade e rei dos vampiros de nascença), Rhage (o mais atraente, mas tem um lado escuro e violento), Zsadist (foi torturado e escravizado, por isso é o menos simpático de todos e a irmandade teme que ele esteja próximo de perder a sua alma), Phury (gêmeo de Zsadist, tem uma prótese no lugar da perna e se mantém celibatário), Vishous (especialista em tecnologia e é fã dos Red Sox), Tohrment (o único da irmandade que tem companheira, Wellsie) e Darius (tem uma filha e é dono da mansão que mais tarde se torna sede da irmandade).

Toda a história se passa em Caldwell, Nova York.
Esse primeiro livro da série vai contar a história de Warth e Beth Randall (filha de Darius).

Darius sabe que sua filha humana está prestes a passar pela transição com a idade de 25 anos e transformar-se numa vampira. Para isso ela precisará beber o sangue de algum vampiro macho, e por isso ele pede a ajuda de Warth.
Warth se recusa, e mais tarde vem uma catástrofe que termina com uma bomba no carro de Darius e ele morto, com o pesar de que sua filha jamais vai conhecê-lo.

Sabendo que Beth vai precisar de ajuda e que não tem mais ninguém a quem recorrer, já que seu pai, o ultimo familiar, morreu, Warth resolve enfim ajudar a moça a passar pela transição e depois cada um seguir seu caminho.
O que ele não esperava é que ela fosse ser tão encantadora a ponto de arder de desejo por ela e não querer mais larga-la.

Beth levava sua vida normal como jornalista até o dia que foi atacada num beco quando voltava pra casa por um sujeito chamado Billy Riddle, mas por sorte conseguiu se livrar dele.
Mais tarde surge a notícia de que um carro explodiu, e ela como jornalista vai investigar para uma matéria no jornal, sem saber que o cara que morreu dentro do carro foi seu pai.
E para completar, um homem viril chamado Warth aparece no seu apartamento no meio da noite dizendo que iria protegê-la. O desejo entre ambos é tão intenso que eles não resistem e passam uma maravilhosa noite juntos.

A partir daí começa o desenrolar de um romance que nenhum dos dois estava esperando, sempre desejosos um pelo outro e mal aguentando esperar pelo momento em que se veriam de novo.
Quando finalmente começa a transição de Beth, ela é levada para a mansão que pertenceu ao seu pai, e Warth em momento algum sai de seu lado, sempre a apoiando e incentivando-a a beber de seu sangue.

Outros personagens também tem papel fundamental no enredo.
Além de conhecermos basicamente os outros vampiros da irmandade, temos também Marissa, a fêmea de quem Warth sempre se alimentou, mas que nunca foi apegado, para tristeza dela, até o momento em que ele conhece Beth e a descarta completamente, para a completa raiva de seu irmão, Havers, que é cientista e médico, é muito protetor, não gostando nem um pouco da irmã ter sido desonrada e trocada daquela maneira, e acaba jurando vingança contra o rei dos vampiros.

Mas Marissa não fica triste por muito tempo, pois logo ela conhece Butch O'Neal, um humano, detetive, que sempre esteve interessado em Beth, para grande raiva de Warth, mas isso até conhecer Marissa e se encantar completamente por ela.
Butch fica tão encantado com Marissa e com a camaradagem dos vampiros da irmandade que acaba se sentindo finalmente em casa, pertencente ao seu lugar, coisa que nunca sentiu antes na sua antiga vida simplória. Ele se apega principalmente ao Vishous por ambos serem fã dos Red Sox.

E por fim somos também apresentados ao Senhor X, o Redutor Principal que treina jovens aprendizes para servirem ao Ômega e acabar de vez com a raça dos vampiros. Um dos jovens que ele treina e demonstra um talento e vontade anormal de ser violento é ninguém menos que Billy Riddle, o jovem que tentou violentar Beth no beco escuro.


J.R. Ward é uma escritora de romances sobrenaturais e hot.

Essa série Irmandade da Adaga Negra é bem famosa e claro que eu já tinha ouvido falar dela há muito tempo, mas não tinha me animado muito a ler porque os livros e a série em si são muito grandes e eu já estava um pouco cansada de histórias de vampiros e seres sobrenaturais.
Mesmo assim resolvi ler, arriscar, apesar de estar passando por uma chata ressaca literária, e para meu alívio, gostei da leitura.
Não fluiu como deveria, mas talvez não seja culpa da história, talvez seja culpa dessa minha ressaca mesmo. O importante é que eu terminei o livro satisfeita e com vontade de ler os próximos.

Apesar de ter cenas de sexo, esse não é o foco principal do livro. Ele dá prioridade ao romance entre Warth e Beth, a transição dela, e a apresentação dos personagens como um todo.

Mesmo que vocês estejam cansados de histórias de vampiros e hot como eu, recomendo que leiam mesmo assim.
As cenas de sexo acontecem de modo equilibrado, mesmo que sejam intensas, sem que seja esse o fator que move o livro, e os vampiros aqui descritos são realmente letais e dignos da imaginação feminina.
Eles se queimam quando expostos ao sol, e para sobreviver precisam beber o sangue do vampiro do sexo oposto, e não de humanos.


A Série:

Black Dagger Brotherhood
1. Dark Lover (2005) – Amante Sombrio
2. Lover Eternal (2006) – Amante Eterno
3. Lover Awakened (2006) – Amante Desperto
4. Lover Revealed (2007) – Amante Revelado
5. Lover Unbound (2007) – Amante Liberto
6. Lover Enshrined (2008) – Amante Consagrado
7. Lover Avenged (2009) – Amante Vingado
8. Lover Mine (2010) – Amante Meu
9. Lover Unleashed (2011) – Amante Libertada
10. Lover Reborn (2012) – Amante Renascido
11. Lover At Last (2013) – Amante Finalmente
12. The King (2014)
Bônus: The Black Dagger Brotherhood: An Insider's Guide (2008) – Irmandade da Adaga Negra: Guia Oficial da Série


Follow Me:

Um comentário:

  1. Oi Renata, tudo bem?
    Eu não conhecia a série e confesso que não leio muitos livros do estilo! Estou fugindo um pouco de livros com uma pegada mais sobrenatural, ainda mais vampiros.. Mas fiquei curiosa com esses vampiros que são dignos da imaginação feminina!

    Beijos,
    Leitora Online

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita!
Se deixar seu blog/site junto com seu comentário, terei o maior prazer em retribuir a visita. ^^

Theme Base por Erica Pires © 2013 | Livro de Memórias, por Renata Carvalho | Blog no ar desde 03.05.2013 | Versão 2.2 no ar desde 01.01.2014 | Topo