Resumo do Mês: Outubro de 2013

quinta-feira, 31 de outubro de 2013


Comparado com agosto e setembro, até que outubro teve bastante coisa, mas ainda não tanto quanto eu gostaria. Mas vamos por parte, quem sabe no próximo mês eu não faça mais postagens no blog.

Estou, como sempre e como muita gente, cheíssima de coisas pra estudar da faculdade e ainda nem coloquei as mãos nos livros. Eu ouço muito os professores dizerem que a pior coisa é deixar pra estudar na última hora e eu sei que eles estão certíssimos.

Preciso me dedicar mais à faculdade, mas ao mesmo tempo não quero abandonar o blog de novo. Vamos ver como será o próximo mês em que terei o provão da faculdade e a apresentação de um projeto. Deus me acuda! kkk


Resenhas:
O Futuro de Nós Dois – Jay Asher e Carolyn Macker
Apaixonados (Fallen 3.5) – Lauren Kate

Colunas:

Livros lidos em Outubro: 3
♦ 22/10: A Revolução dos Bichos – George Orwell
♦ 24/10: O Visconde Que Me Amava (Os Bridgertons #2) – Julia Quinn
30/10: Toda Sua (Crossfire #1) – Sylvia Day Reli

Nova coluna: Adaptações

domingo, 27 de outubro de 2013








Quem aqui não ama ver seu livro favorito adaptado para as telas do cinema (ou em forma de seriado)?
Sendo o resultado satisfatório ou não, todo mundo quer ver seus personagens favoritos, que já conhecem tanto, ganhar um rosto como se fosse a vida real.
Vamos relembrar de alguns livros que foram adaptados?

Foram adaptados faz tempo: Harry Potter, saga Crepúsculo, O Senhor dos Anéis, Querido John (e vários outros do Nicholas Sparks), Branca de Neve e o Caçador, O menino do pijama listrado, O Diabo Veste Prada, A Garota da Capa Vermelha, Marley & Eu, Orgulho e Preconceito, Percy Jackson, Como Treinar o seu Dragão, Coração de Tinta, O Diário da Princesa...

Recentemente adaptados (lançados há pouco tempo ou prestes a lançar): A Hospedeira, Dezesseis Luas, Meu Namorado é um Zumbi, Anna Karenina, Um Dia, Água para Elefantes, Jogos Vorazes, O Hobbit, O lado bom da vida, Cidade dos Ossos, O Grande Gatsby...

Futuras adaptações: Cinquenta Tons de Cinza, A Culpa é das Estrelas, A menina que roubava livros, O Pacto, Feios, Divergent, Delírio, Fallen, Legend, The Maze Runner, Vampire Academy, Como eu era antes de você, Extraordinário...

Devo estar me esquecendo de vários outros, mas são tantos que acabaram passando despercebidos.

O problema é que nós criamos muitas expectativas em cima de algo que já deveríamos ter aprendido que não irá trazer resultados exatamente iguais aos que a gente imaginou.
Amamos muito determinado livro e ficamos contentes ao saber que ele será transformado em filme, colocamos muita expectativa e aguardamos ansiosamente, apenas para, no final quando formos assistir, descobrirmos que várias cenas tão amadas por nós ficaram de fora ou foram adaptadas para ficarem mais curtas na tela, e assim acabamos nos decepcionando.

Por mais que nos custe acreditar ou aceitar, é completamente impossível adaptar 100% de um livro se ainda quisermos um filme de duas horas.
Há quem diga que não se importaria de assistir um filme que tivesse cinco ou seis horas, desde que todas as cenas do livro, sem exceção, estivessem ali.
O fato é que para um filme ter uma ótima bilheteria, ele precisa estar acessível não apenas aos amantes do livro em que ele foi baseado, mas também ao público em geral, ou seja, àqueles que não leram o livro, e portanto não fazem a menor ideia do que esperar.
Um livro pode ser lido em vários dias, mas é difícil encontrar pessoas que estão dispostas a assistir um filme que extrapole duas horas e meia.

Infelizmente um filme adaptado não deve buscar apenas a demanda dos leitores do livro em que ele foi baseado, mas sim do público em geral. É preciso achar um meio-termo.
Apenas com a bilheteria dos adeptos do livro, nenhum filme rende, não haveria continuação (caso fosse uma série) e seria considerado um fracasso de bilheteria, por mais que os fãs, e apenas eles, tivessem aprovado.

Segundo Bráulio Mantovani (roteirista brasileiro, autor de “Tropa de Elite”, “Cidade de Deus”, entre outros): “Em uma obra literária, um segundo de ação prática pode se desenrolar por cem páginas, visto que o autor lança mão de descrições minuciosas acerca dos sentimentos do personagem, do estado físico em que se encontra etc. Em um filme, um segundo de ação prática significa um segundo de ação prática. Ponto final.

É inegável que Literatura e Cinema são duas expressões de arte absurdamente diferentes entre si, mas que realizam um grande intercâmbio de ideias devido a um fato bastante óbvio: são duas expressões que se alimentam basicamente da narrativa clássica.
Por serem próximas e por ambas narrarem histórias, os leitores/expectadores pensam que deveriam contar as histórias da mesma forma, e se esquecem das diferenças entre Literatura e Cinema.

O importante é não esquentar a cabeça com isso. É preciso aceitar que mudanças na adaptação com certeza ocorrerão. Não criar muitas expectativas é essencial e aceitar o que virá é importante.

Por mais que Literatura e Cinema sejam parecidos, eles não são a mesma coisa, por isso devemos aceitar cada um como são.

Apaixonados — Lauren Kate

sábado, 26 de outubro de 2013
Série: Fallen #3.5

Título original: Fallen in Love
Autor: Lauren Kate
Editora: Galera Record (Grupo Editorial Record)
Gênero: Romance/Fantasia/Sobrenatural/Young Adult
Ano: 2012
Páginas: 182
ISBN: 9788501099204
Lido em: Dezembro de 2012
Nota:
Sinopse: A história de Luce e Daniel comprova a possibilidade do amor eterno. Mas a vida do casal não representa o único tipo de amor possível. Em Apaixonados, Lauren Kate se inspirou nas histórias recebidas pelos fãs ao longo do processo de publicação dos três primeiros volumes da série – Fallen, Tormenta e Paixão. Situado em um momento entre os acontecimentos de Paixão e de Rapture – último volume da série –, Apaixonados é um passeio por diferentes paixões através do tempo, aproximando os leitores das histórias de Miles, Shelby, Roland e Ariane.

Esse livro é um bônus que não acrescenta em nada na série original, ele serve apenas para entendermos melhor e mais a fundo os personagens Miles, Shelby, Roland e Ariane.
A história se passa em uma das cenas do livro Paixão, onde os quatro personagens se dão ao luxo de parar por um momento da perseguissão de Luce e se focarem por um instante no próprio romance e lembranças muito bem guardadas dentro de si.

São quatro contos que se passam no período medieval, justamente na comemoração do dia de São Valentim, o dia dos namorados.
O amor onde menos se espera descreve as aventuras dos nefilins Shelby e Miles que estão em busca de Luce pelos anunciadores e que acabam vivenciando uma linda noite de amor.
Lições de Amor traz Roland que, assim como Daniel e Roland, também se apaixonou por uma humana e nesse conto ele tem a oportunidade de reencontrar seu grande amor.
Amor ardente é o mais intenso e conta a história sofrida de Ariane que se apaixona por uma mulher-demônio, um anjo que jura fidelidade a Lúcifer.
Amor sem fim conta apenas como Daniel e Luce passaram esse dia dos namorados, juntos.

Gostei muito de conhecer melhor as histórias desses personagens, e por isso mesmo, já que são contos tão pequenos e simples, sem grandes pretensões, eu acho que a autora bem que podia ter também contado a história da Gabbe, da Molly, da Anabelle e principalmente do Cam. Não custava nada.
Aliás, nessa série, Cam é o personagem favorito de muita gente, e um dos que menos recebeu atenção e uma história digna da autora. Uma pena.


A Série:

Fallen
1. Fallen (2009) – Fallen
2. Torment (2010) – Tormenta
3. Passion (2011) – Paixão
4. Rapture (2012) – Êxtase
Bônus: Fallen in Love (2012) – Apaixonados

Turma da Mônica Jovem – Nº 4, 5 e 6

quinta-feira, 24 de outubro de 2013



Edição: 4
História: Fortes Emoções...
Lançamento: Novembro de 2008
Páginas: 128
ISBN: 9788573515343
Sinopse: A Turma chegou ao Templo do Céu Infinito e lá começa a treinar para participar do Torneio do Disco de Saturno. Se vencerem as lutas e com o disco em seu poder, vão para outro desafio... encontrar o Cilindro de Netuno!
Resenha: Nesta edição a turma deve ir atrás do terceiro artefato mágico, o Disco de Saturno. Para consegui-lo eles devem entrar num torneio e vencer, e para isso eles contam com a ajuda do Mestre Caolho que irá ensiná-los a lutar.
No torneio, serão o Quarteto Fulminante (lutadores da Yuka controlados pelo Poeira Negra) contra os Limoeiro Fighters (Mônica, Cebola, Magali e Cascão). A turma ganha graças ao Cascão e levam o Disco de Saturno.
Ainda nesta edição eles partem para Edom, atrás do quarto e último artefato mágico, o Cilíndro de Netuno. Yuka aparece e coloca uns lobisomens atrás da turma até ela virar pedra por traição do Poeira Negra que rouba os seus poderes. Cascão e Magali vão atrás do Cilindro de Netuno num castelo e conseguem, enquanto Mônica e Cebola lutam contra os lobisomens, depois disso eles voltam para casa.
O Poeira Negra colocou uns monstros para lutar contra toda a turma que o Ângelo chamou, até Mônica aparecer, juntar os quatro artefatos mágicos e acabar com os poderes do Poeira Negra que é preso.
Mônica, Cebola, Cascão e Magali aceitam ser os novos guerreiros, enquanto que seus pais vão se esquecer disso tudo. Tudo termina bem e Mônica beija o Cebola pela primeira vez, seguido por sua fuga.


Edição: 5
História: As Aventuras do Dia-A-Dia!
Lançamento: Dezembro de 2008
Páginas: 128
ISBN: 9788573515381
Sinopse: Essa edição traz 3 histórias com a Turma Jovem vivendo o seu dia-a-dia com a família e seus amigos: "Onze coisas que as garotas amam"; "Os meninos são todos iguais" e "Pai! Me empresta a chave do carro?".
Resenha: Primeiro gibi da Turma da Mônica Jovem sem nenhuma aventura fantástica, mas sim com o cotidiano da turma adolescente, que continua sendo demais. E mais, são três histórias numa mesma edição.
Nesta edição, Mônica morre de ciúmes ao ver Cebola sair para estudar inglês com a Irene. Sua mãe, dona Luísa, aparece para dizer a ela, e também à Magali, Denise e Cascuda as onze coisas que toda garota adora fazer, desde se divertir com as amigas, sair para fazer compras e comer doces gostosos.
Na segunda história, Mônica, Magali e Denise ouvem que Cebola, Cascão e Titi estão planejando sair para alguma balada e elas correm atrás para impedir que eles fiquem com alguma menina qualquer, para grande ciúmes de Mônica.
E na terceira, Cebola mostra para Cascão e Titi que, lavando o carro do pai, ele consegue dinheiro para sair e se divertir, servindo assim de exemplo para os amigos fazerem a mesma coisa.


Edição: 6
História: O Brilho de um Pulsar! – Parte 1
Lançamento: Janeiro de 2009
Páginas: 128
ISBN: 9788573515602
Sinopse: Depois de viver as divertidas aventuras do dia-a-dia do Bairro do Limoeiro, nossos amigos embarcam em uma viagem espacial de tirar o fôlego! Novos desafios os aguardam e, mais uma vez, precisarão estar ainda mais unidos para enfrentá-los!
Resenha: Primeira parte de “O Brilho de um Pulsar”. Mônica, Magali, Cebola, Cascão e o Franja participam de uma viagem escolar até a nave do Comandante Astronauta  Ficam encantados com tanta tecnologia e invenções novas e antigas das quais já ouviram falar, mas só agora estão conhecendo de perto.
Zé Luís e Xabéu (personagens agora adultos, mas que eram adolescentes nos gibis da Turma da Mônica) fazem parte da equipe da nave. Xabéu era babá de Cebola e os dois ainda tem um carinho muito grande um pelo outro, para grande ciúmes de Mônica.
Numa excursão a um templo em Marte supostamente seguro, eles são atacados por pequenos robôs. Mônica resiste aos raios que queimam e, para sua surpresa, aparece um grande robô que acaba com os pequenos robôs e agora se coloca às suas ordens.
Astronauta também corre para salvar a turma, mas usando armas, para grande surpresa de Franja, afinal ele não costumava usar armas.
Aparece também a princesa Usagi Mimi que detecta presenta humana em Marte e decide acabar com todos lá.


<<<Anterior                                                                      Próximo>>>


Todos os gibis da Turma da Mônica Jovem foram criados pelo Mauricio de Sousa e lançados pela editora Panini Comics. São em estilo mangá (preto-e-branco).

O Futuro de Nós Dois — Jay Asher e Carolyn Mackler

quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Título original: The Future of Us
Autor: Jay Asher e Carolyn Mackler
Editora: Galera Record (Grupo Editorial Record)
Gênero: Romance/Young Adult
Ano: 2013
Páginas: 384
ISBN: 9788501097231
Lido em: Setembro de 2013
Nota:
Sinopse: É 1996, e menos da metade dos alunos das escolas de ensino médio nos Estados Unidos já tinham usado a internet. Emma acaba de ganhar o primeiro computador e um CD-ROM da America Online de Josh, seu melhor amigo. E ao instalar o programa, logo no primeiro acesso, descobrem que acabam de entrar no Facebook, dali a quinze anos. Todos se perguntam como será o futuro. Josh e Emma estão prestes a descobrir...

Esse era um livro que não tinha chamado muito a minha atenção, mas resolvi dar uma chance quando descobri que a história de passava nos anos 90, minha doce infância.
Eu tinha 6 anos em 1996, nunca tinha ouvido falar e nem me importava essa tal de “internet”. Na época eu era mais fissurada nos joguinhos de CD-ROM, principalmente no Twinsen Odyssey.
Acho que foi em 1998 ou 1999 que eu fui apresentada à internet discada e também acabei viciando. Quantas broncas eu já não levei da minha mãe por passar horas na internet e ficar ocupando a linha telefônica?

Mas voltando ao livro (é impossível não ficarmos nostálgicos com a leitura), Emma e Josh já foram melhores amigos, mas depois que Josh interpretou errado os sinais e tentou dar um beijo em Emma e ela se esquivou, a situação entre eles ficou estranha.
Muitos meses depois, quando Emma ganhou um computador do pai, a mãe de Josh comprou um CD-ROM da AOL com 100 horas de internet grátis de presente para ela e mandou Josh entregar.
Ao instalar, Emma se viu num site estranho do qual nunca tinha ouvido falar chamado Facebook, e qual a sua surpresa quando descobriu que ele mostrava a sua vida 15 anos no futuro? Mais precisamente em 2011.

Josh custa a acreditar nisso quando Emma conta, mas aos poucos ele dá o braço a torcer.
Ao mesmo tempo em que eles ficam desesperados para saber como estarão no futuro, eles também sabem que não deviam estar fazendo isso e interferindo no destino desse jeito.
Ao que parece, Josh levará uma vida maravilhosa, mas Emma não. Ela toma providências para mudar seu próprio futuro, o que deixa Josh com medo dela acabar interferindo no seu próprio futuro que é tudo o que ele desejava.

Mais do que estar interessada no que acontecerá a seguir na história pra ver como Emma e Josh vão resolver determinado problema, o livro me deixou principalmente nostálgica.
Eu acho que me divertia mais relembrando dos anos 90 que foi uma infância maravilhosa para mim. É uma leitura realmente gostosa.

Eu só queria ter sabido COMO o Facebook foi aparecer naquele CD-ROM em 96, mas talvez eu nem devesse esquentar a cabeça com esse mistério, mas sim apenas aproveitar a história.
História super recomendada!

Lançamentos: Outubro de 2013

terça-feira, 22 de outubro de 2013


Arqueiro

Benvirá

Casa da Palavra
(LeYa, Lua de Papel, Quinta Essência, Fantasy)

Companhia das Letras
(Seguinte, Paralela)

Globo Livros

Grupo Editorial Record
(Bertrand, Galera Record, Verus)

Gutenberg

Harlequin

Intrínseca

Moderna
(iD)

Novo Conceito

Novo Século

Planeta do Brasil

Porto
(Sextante)

Rocco

Única

Valentina

Theme Base por Erica Pires © 2013 | Livro de Memórias, por Renata Carvalho | Blog no ar desde 03.05.2013 | Versão 2.2 no ar desde 01.01.2014 | Topo