No Limite da Atração — Katie McGarry

sábado, 10 de agosto de 2013
Trilogia: No Limite da Atração #1

Título original: Pushing the Limits
Autor: Katie McGarry
Editora: Verus (Record)
Gênero: Drama/New Adult
Ano: 2013
Páginas: 364
ISBN: 9788576862161
Lido em: Julho de 2013
Nota:
Sinopse: Ninguém sabe o que aconteceu na noite em que Echo Emerson, uma das garotas mais populares da escola, se transformou em uma “esquisita” cheia de cicatrizes nos braços e alvo preferencial de fofocas. Nem a própria Echo consegue se lembrar de toda a verdade sobre aquela noite terrível. Ela só gostaria que as coisas voltassem ao normal.
Quando Noah Hutchins, o cara lindo e solitário de jaqueta de couro, entra na vida de Echo, com sua atitude durona e sua surpreendente capacidade de compreendê-la, o mundo dela se modifica de maneiras que ela nunca poderia ter imaginado. Supostamente, eles não têm nada em comum. E, com os segredos que ambos escondem, ficar juntos vai se mostrar uma tarefa extremamente complicada.
Ainda assim, é impossível ignorar a atração entre eles. E Echo vai ter de se perguntar até onde é capaz de ir e o que está disposta a arriscar pelo único cara que pode ensiná-la a amar novamente. No limite da atração é um livro sexy e envolvente sobre o amor de duas pessoas que estão perdidas e que juntas tentam desesperadamente se encontrar.

Esse não tinha sido um livro que chamou muito a minha atenção, por mais que eu só lesse comentários positivos em relação a ele. E o que eu faço quando não estou muito animada a ler um livro que recebeu ótimas críticas? Eu vou à livraria e começo a ler, o que me anima muito mais do que ler em forma de PDF. E não é que deu certo?

A história fala de dois adolescentes com problemas séros que estão prestes a terminar a escola e entrar no mundo adulto. No livro podemos ver como os dois lidam com isso conforme a amizade que surgiu entre eles começa a crescer cada vez mais. Temas como adoção, morte, violência e drogas são abordados de forma sutil. A carga emocional é bem alta.

Os capítulos são narrados em primeira pessoa, intercalados entre o Noah e a Echo, de modo que possamos entender os protagonistas muito mais a fundo.

Noah Hutchins é um bom garoto, mas que se perdeu devido a um acontecimento trágico que o fez se tornar revoltado porque ninguém entende a profundidade da sua dor, ganhando assim a fama de bad boy. Também precisa se preocupar em lidar com o sistema que quer lhe negar seus irmãos mais novos que foram tirados de perto dele.
De garota mais popular da escola, Echo Emerson passou a ser a mais estranha depois de ter surgido um dia com terríveis cicatrizes nos braços e sem memória de como aconteceu. Sua mãe problemática é suspeita, mas como não se lembra de nada, Echo poderia ter feito isso com ela mesma. A dúvida do que aconteceu a corrói por dentro.
Por não querer falar do que aconteceu, boatos começam a surgir na escola onde ela estuda, fazendo-a se isolar. Além também de ter que lidar com um pai controlador que agora está casado com sua ex-babá agora grávida, e também sofre pela morte do irmão mais velho.

A sra. Collins é uma presença forte e constante no livro, pois ela auxilia Noah e Echo nas sessões de terapia que eles tem com ela. É através dessa terapia, mesmo que separada, que Noah e Echo se conhecem e começam a amadurecer e melhorar juntos.
Eles passam a confiar um no outro e a desabafar seus problemas, sempre se ajudando e um apoiando o outro.

Apesar de não ser o foco principal, há sim cenas românticas que vão agradar os fãs.
A trilogia é independente, cada livro contará a história de um casal diferente.


  A Trilogia:

Pushing the Limits
1. Pushing the Limits (2012) – No Limite da Atração
2. Dare You To (2013) – ainda sem título em português
3. Crash Into You (2013) – ainda sem título em português
Bônus: Crossing the Line (2013) – ainda sem título em português


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigada pela visita!
Se deixar seu blog/site junto com seu comentário, terei o maior prazer em retribuir a visita. ^^

Theme Base por Erica Pires © 2013 | Livro de Memórias, por Renata Carvalho | Blog no ar desde 03.05.2013 | Versão 2.2 no ar desde 01.01.2014 | Topo