Três Metros Acima do Céu — Federico Moccia

quinta-feira, 27 de junho de 2013
Dualogia: Três Metros Acima do Céu #1

Título original: Tre Metri Sopra il Cielo
Autor: Federico Moccia
Editora: Rocco
Gênero: Romance/Drama
Ano: 2005
Páginas: 359
ISBN: 8532519318
Lido em: Junho de 2013
Nota:
Sinopse: A paixão do mais improvável dos casais, Babi, uma patricinha de Roma, e Step, um motoqueiro bad boy, é a trama de Três Metros Acima do Céu , um romance que conquistou a juventude italiana, a ponto de, durante anos, circular em cópias xerocadas entre os leitores. Para viver o primeiro amor com toda sua intensidade, os protagonistas tentam se modificar, enquanto enfrentam a oposição da família da menina, o estranhamento dos amigos, as dificuldades de acertar o próprio relacionamento e de amadurecer.
Babi, a excelente aluna de boa família, assusta os pais ao deixar de obedecer cegamente às convenções que até então regulavam sua existência, enquanto Step se surpreende ao perceber que o amor vai obrigá-lo a abandonar velhos hábitos e tratar com respeito a namorada que se prepara para seguir uma carreira universitária, algo muito distante do que o destino reservou para o jovem delinquente  Entre pegas de moto, festas que varam noites, tatuagens, brigas homéricas, provas desesperadas de afeto e uma tragédia que mudará para sempre suas vidas, Step e Babi vivem uma incrível história de amor, cheia de reviravoltas e sentimentos à flor da pele, aquele tipo de paixão que só pode ser vivida quando se tem dezessete anos e acredita-se que tudo ainda é possível.

Esse é um livro nem um pouco conhecido. Ninguém tinha me recomendado ele, mas eu o achei disponível num blog de download de livros e me apaixonei pela sinopse, resolvi então baixar e ler.
Por algum motivo eu fiquei adiando a leitura, e só resolvi ler de fato porque ele estava na minha lista de futuras leituras, e essa semana chegou a vez dele.

Achei o livro bem confuso. É preciso realmente prestar atenção no que está lendo para poder entender, e não apenas ler por ler. Os acontecimentos vem e vão sem a gente perceber, num momento é o presente, e no momento seguinte é um flashback, sem nos darmos conta disso.
Por outro lado, não estou falando de uma históriazinha boba e previsível.
O livro é super intenso, os acontecimentos narrados vão a extremos que faz você ficar com o coração na mão.

Step é um bad boy de dezenove anos que não tem qualquer outro interesse nessa vida a não ser sair para vandalizar com os amigos, principalmente com seu melhor amigo Paolo.
Todos, quando estão juntos, instalam o terror em qualquer lugar que vão. Entram de penetras nas festas, destroem o lugar e roubam dinheiro na bolsa das pessoas. Bebem, fumam e se arriscam andando de moto em alta velocidade.
Babi é uma patricinha de dezessete anos que sempre obedeceu aos pais e nunca criou nenhuma confusão. Sua melhor amiga é Pallina e as duas se entendem e se apóiam como ninguém, sempre se ajudando.
Quando Step e Babi se conhecem, ele a vê apenas como mais uma menina qualquer que lhe dá o direito de mexer com ela, e ela o vê como alguém sem escrúpulos que não merece a sua atenção.
Somente depois que Paolo e Pallina se conhecem e passam a namorar, que Step e Babi acabam se aproximando e se encantando um com o outro. Por serem muito diferentes, obviamente os pais dela não aprovam Step e a proibe de vê-lo, mas por ele Babi está disposta a fugir de casa de noite para ficar com ele e só voltar pra casa altas horas da madrugada.
Não acontece de em um único instante Step e Babi se interessarem um pelo outro, mas sim isso é construído aos poucos no livro. Apesar de passarem a se verem com cada vez mais frequência por causa dos amigos que estão namorando, eles dois não se suportam e tentam ao máximo não se verem, mas sem dúvida não contavam com a forte atração que estava sendo construída, sem eles saberem.


Quem leu o livro Belo Desastre da Jamie McGuire, saiba que Três Metros Acima do Céu é mais ou menos parecido, mas MUITO mais intenso.
Enquanto que Travis passou a respirar Abby assim que a conheceu e passou a defendê-la do mundo, Step por outro lado trata Babi como qualquer uma e ele próprio contribui para deixá-la em maus bocados.
Portanto é somente depois de muito tempo e muita convivência que Step passa a gostar de Babi, e isso demora para acontecer.

O livro trás muitas passagens significantes que faz você refletir. Como o fato dos pais não levarem em consideração o que os filhos pensam; e também o que leva alguém a se tornar violento; a as pessoas que julgam umas às outras sem saberem de fato pelo que ela passou; ou ainda como certos momentos faz você pensar, no auge da felicidade, que é imortal, quando na verdade não é.

No começo da leitura eu não estava entendendo quase nada (como eu já disse, a história é muito confusa), mas resolvi persistir. Eu costumo evitar abandonar livros a qualquer custo.
Aos poucos fui começando a entender tudo e a me familiarizar mais com os personagens, passei a gostar da história. Claro que teve várias vezes que eu morri de raiva do Step e seu jeito de ser, de menosprezar a Babi. Também teve momentos que eu tive raiva da Babi por se permitir se apaixonar por ele enquanto ele ainda estava sendo maldoso com ela.
Eu entenderia se ela se apaixonasse por ele somente depois que ele abaixasse a bola e parasse de maltratar ela, por isso fiquei com raiva dela por se apaixonar ainda antes disso acontecer.
Quem, em sã consciência, se apaixona por alguém que só te maltrata?

Bom, eu estava adorando a leitura quando estava se aproximando do final, certa de que tudo iria terminar bem, até que...
Só o que vou dizer é que tudo desanda completamente, e depois o livro acaba. Primeiro fiquei chocada, e depois fiquei com muita raiva e completamente inconformada!

Eu poderia ter dado cinco estrelas por causa da história fabulosa, e também uma estrela por causa da confusão que é o livro e desse final. Portanto a média é três estrelas.

Esse livro foi transformado em filme. Lançado em 2010 sob o nome Paixão sem Limites.

Vou ler agora o segundo livro da série, Sou Louco Por Você. Espero que seja bom.


A Dualogia:

Três Metros Acima do Céu
1. Tre Metri Sopra il Cielo (2005) – Três Metros Acima do Céu
2. Ho Voglia di Te (2008) – Sou Louco Por Você

4 comentários:

  1. Hey Renata
    Sou doida pra começar a ler os livros do autor.
    Adoro as resenhas que leio.

    Nossa, esse começo confuso parece desanimar mesmo. Já aconteceu comigo, e depois que a leitura engrenou aí não parei HAHA

    Que legal que tem filme, vou tentar ler antes. Curto esse plot de amores impossíveis

    beijinhos
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nana o/
      É bem comum encontrarmos livros cujo início é bem parado ou confuso, mas pela minha experiência de devoradora de livros, é preciso sempre persistir, que são grandes as chances da história se tornar interessante mais tarde.
      Já baixei o filme e mais tarde vou assistir. hehe

      Beijos!

      Excluir
  2. Oi Renata!
    Gostei da sua resenha, só fiquei com o "pé atrás" por causa do final, que você falou que desandou. :/
    Mas, por ser uma série.. e a história me pareceu interessante.. provavelmente será uma das minhas leituras desse ano.

    Beijos,
    Carol - http://hconcours.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, não gostei muito do final. É por isso que corri para ler o segundo livro da série, pra ver se a história muda. Tenho esperanças que isso aconteça.
      O final deu a impressão de que a história não é um mero romance, mas sim baseado em fatos reais, sabe? Mostrando a realidade mesmo.

      Beijos!

      Excluir

Muito obrigada pela visita!
Se deixar seu blog/site junto com seu comentário, terei o maior prazer em retribuir a visita. ^^

Theme Base por Erica Pires © 2013 | Livro de Memórias, por Renata Carvalho | Blog no ar desde 03.05.2013 | Versão 2.2 no ar desde 01.01.2014 | Topo