Entre o Agora e o Nunca — J.A. Redmerski

quarta-feira, 22 de maio de 2013
Dualogia: Entre o Agora e o Nunca #1

Título original: The Edge of Never
Autor: J.A. Redmerski
Editora: Suma de Letras (Objetiva)
Gênero: Romance/Young Adult
Ano: 2013
Páginas: 368
ISBN: 9788581051406
Lido em: Maio de 2013
Nota:
Sinopse: Camryn Bennett é uma jovem de 20 anos que desistiu do amor desde que Ian, seu namorado, morreu num acidente de carro há um ano. Sua melhor amiga, Natalie, é a única capaz de animá-la. Mas a relação entre as duas fica abalada quando o namorado de Nat revela à Camryn que está apaixonado por ela. Perdida, sem saber o que fazer, Camryn vai para rodoviária e pega o primeiro ônibus interestadual, sem se importar com o destino.
Com uma carteira, um celular e uma pequena bolsa com alguns itens indispensáveis, Camryn embarca para Idaho. Mas o que ela não esperava era conhecer Andrew Parrish, um jovem sedutor e misterioso, a caminho para visitar o pai, que está morrendo de câncer. Andrew se aproxima da companheira de viagem, primeiro para protegê-la, mas logo uma conexão irresistível se forma entre os dois. 
Camryn tenta lutar contra o sentimento, já que jurou nunca mais se apaixonar desde a morte de Ian. Andrew também tenta resistir, motivado pelos próprios segredos. Narrado em capítulos que alternam as vozes de Andrew e Camryn, Entre O Agora e O Nunca é uma história de amor e sexo, na qual os personagens testam seus limites, exploram seus desejos e buscam o caminho que os levará à felicidade.

Um dos melhores livros que eu li esse ano, sem dúvida nenhuma. Ri e chorei junto, me realizei, fiquei com o coração na mão várias vezes. Sem dúvida esse livro é muito intenso e consegue fazer o leitor se apegar de verdade aos personagens, sentir o que eles sentem.

Camryn (Cam) Bennett tem passado por maus bocados na sua vida ultimamente com apenas 20 anos: seus pais se divorciaram, seu irmão mais velho foi preso, seu primeiro namorado morreu num acidente de carro, seu segundo namorado a traiu e a vida que ela leva atualmente não tem sido o que ela realmente sonhou.
Mas quando o namorado da sua melhor amiga Natalie dá em cima dela e Natalie não acredita nela, Cam sente que chegou ao fundo do poço. Agindo por impulso, ela pega um ônibus qualquer que vai para qualquer lugar, não importa, o que importa é fugir da vida que ele levava e da qual está farta.
É durante a viagem que ela conhece Andrew Parrish, um rapaz de 25 anos que está viajando contra a sua vontade para visitar o pai no hospital que está morrendo.
Os dois passam a conversar muito para se conhecerem, cada vez mais interessados um no outro. Tanto que acabam se decepcionando quando a viagem chega ao fim e eles precisam se separar.
Mas como não é viver longe um do outro que eles querem, eles concordam em pegar o carro de Andrew, algumas roupas e... pé na estrada.
Acabam conhecendo vários lugares incríveis e pessoas muito boas. Se divertem muito passando todo aquele tempo juntos se conhecendo e gostando um do outro, a ponto de não quererem mais ficar longe por qualquer curto espaço de tempo.
Como já era de se esperar, eles acabam se apaixonando um pelo outro, e daí são levados à extremos. Poderiam viver felizes juntos, se não fosse o segredo que Andrew mantém muito bem guardado de Cam.


Eu realmente não dava muita coisa para essa história, imaginaria que fosse apenas mais uma de um casalzinho se conhecendo e se apaixonando com algo para separá-los mais tarde, mas que eles conseguem contornar no final já que o amor é mais forte.
Não que eu esteja reclamando, eu adoro esse tipo de história, eu só achava que seria "mais do mesmo".
Mas esse livro acabou me surpreendendo muito. Pra começar eu não sabia que eles iriam viajar de carro, sei lá, acho que eu imaginei eles viajando clandestinamente num vagão de trem, igual acontece nos filmes.
Mas eles terem o próprio carro foi melhor, deu mais liberdade a eles.

Os dois aprendem muita coisa um com o outro. Ela aprende a ser ela mesma e a sair da zona de conforto. E ele deixa de ser tão teimoso e ouvi-la mais com relação ao que é certo.
Há várias falas de baixo calão e algumas cenas de sexo, por isso eu acho que esse livro deve ser lido apenas por maiores de 18 anos

A capa do livro ficou linda! Bem parecida com a Cam que tem cabelo loiro e adora usar trança de lado.
O livro é narrado em primeira pessoa, e ora era a Cam quem contava, outra ora era o Andrew. Achei muito legal mesmo quando isso acontecia, afinal nos fazia entender muito melhor o que cada um estava pensando e sentindo.

Gostei de verdade do livro, não imaginava que ele fosse me conquistar tanto assim. Acho que é porque eu morro de vontade de também pegar o carro e dirigir por aí sem preocupação nenhuma. Apenas eu, a estrada na minha frente e as paisagens lindas ao meu redor.
E é claro que eu não reclamaria de ter uma companhia como o Andrew. hahaha
Bom, eu acho que eu só preciso da coragem da Cam e do Andrew pra fazer isso. Hehe

Recomendo o livro, se tornou um dos meus favoritos!


A Dualogia:

The Edge of Never
1. The Edge of Never (2013) – Entre o Agora e o Nunca
2. The Edge of Always (2014) ainda não publicado no Brasil


6 comentários:

  1. Estou super ansiosa para ler esse livro, sua resenha me deixou bem curiosa.

    Beijos,
    http://www.segredosentreamigas.com/

    ResponderExcluir
  2. Esse é o new adult do momento, preciso colocar a leitura em dia,
    são tantas as novidades que não consigo.
    Mas esse já está no Kindle esperando a vez.
    Sabe que na minha adolescência meu maior sonho era entrar num carro e ganhar o mundo...assim, sozinha, eu, o carro e a estrada rsrsrs...mas as coisas mudam né.

    Beijos
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. New Adult novos que saem são os meus maiores amores, normalmente eu corro pra ler. hahaha
      E acho que é o sonho de muita gente pegar o carro e dirigir sem rumo, mudar um pouco a rotina... aiai.... quem dera =/

      Bjus!

      Excluir
  3. Quero ler esse livro desde quando foi lançado nos EUA. E a vontade foi aumentando conforme as resenhas aqui foram aparecendo! :)

    Amei a sua resenha! Você viu a playlist que tem? Achei irada demais!

    Adorei o blog e quero saber todas as novidades! Já estou seguindo. Espero que curta o meu!
    www.pronomeinterrogativo.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se vi? Eu amei! Adoro rock. São raros os livros que mostram uma playlist tão boa.
      Amei seu blog, também tô seguindo, aguarde minhas visitinhas. ;D

      Bjus!

      Excluir

Muito obrigada pela visita!
Se deixar seu blog/site junto com seu comentário, terei o maior prazer em retribuir a visita. ^^

Theme Base por Erica Pires © 2013 | Livro de Memórias, por Renata Carvalho | Blog no ar desde 03.05.2013 | Versão 2.2 no ar desde 01.01.2014 | Topo